LANCE!
09/09/2018
21:39
Rio de Janeiro (RJ)

O momento de Alberto Valentim no Vasco é o pior de todos os cenários possíveis. Em quatro jogos no comando da equipe, quatro derrotas, nenhum ponto conquistado. O último revés aconteceu na noite deste domingo, diante do Vitória, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. Fora da zona de rebaixamento por conta dos critérios de desempate, o treinador pediu para que os torcedores acreditem na reação cruz-maltina na temporada.

- Eu queria contar com todos (os jogadores). Quanto mais forte ficarmos, melhor, mas infelizmente o resultado não veio. Não acho que foi um resultado justo. Bola na trave, defesa do Ronaldo. Então, vimos que podemos. Lá na frente vamos recuperar os jogadores e temos de reagir rápido. O discurso do jogo contra o América não foi só para aquele jogo. O torcedor vascaíno pode acreditar na nossa reação - afirmou o treinador.

Ainda durante a sua entrevista coletiva após a partida, Alberto Valentim explicou o motivo de ter barrado Yago Pikachu da equipe titular. Nos poucos minutos que esteve em campo no segundo tempo, o meia foi responsável pela melhor chance de gol cruz-maltino na partida. Pikachu acabou sendo expulso e, ao lado do volante Leandro Desábato, que levou o terceiro cartão amarelo, desfalca o Vasco no clássico com o Flamengo, sábado, em Brasília.

- Tivemos de poupá-lo do treinamento e tínhamos dúvida se poderíamos colocá-lo para jogar. O que precisamos do Yago é condição física. Ele e o Leandro (Desábato) foram os que mais jogaram. Tem um desgaste natural, porque o calendário é de um jogo atrás do outro. Então, decidi poupá-lo e jogar com três volantes, porque queria um time com uma pegada mais forte. Por isso, escalei dessa forma - finalizou o comandante.

Os jogadores do Vasco retornam ao Rio de Janeiro nesta segunda-feira. O clube não confirmou até a publicação desta reportagem a data de reapresentação dos jogadores para o início da preparação de olho no próximo compromisso do Campeonato Brasileiro.

placeholder