Maria Sharapova

Divulgação

TÊNIS NEWS
08/01/2020
10:26
Brisbane (Austrália)

Maria Sharapova foi uma das tenistas a levantar a bandeira da reclamação contra os privilégios dados ao torneio de Brisbane, na Austrália, para a ATP Cup, nova competição masculina com premiação de US$ 15 milhões.

Nesta primeira semana do ano do circuito é realizado torneio WTA em Brisbane com premiação acima de US$ 1 milhão onde a russa caiu na estreia diante da qualifier americana Jenifer Brady: "Definitivamente reconhecemos isso, você se sente um pouco em segundo plano", disse a tenista mencionando que nenhuma das principais do feminino jogou na quadra central do evento realizado no Queensland Centre: "Muitas meninas mereciam um lugar na quadra central

Campeã do US Open em 2017, Sloane Stephens declarou: "Nem fomos colocadas em uma conversa. Foi só o que a ATP queria, fizeram o que eles queriam, mulheres para este lado, é sempre assim".



Mark Handley, diretor do torneio, disse que o tênis na Austrália vive um "período de transição" com a introdução da ATP Cupque também é jogada em Perth e Sydney.

"Estamos trabalhando com os circuitos para criar um verão australiano de tênis que seja uma temporada global", disse: "A ATP Cup é o primeiro passado e agora estamos em boas conversas com a WTA sobre o novo conceito e estamos empolgados com o espaço em potencial".