Roger Federer

Divulgação

TÊNIS NEWS
11/07/2018
13:41
Londres (Inglaterra)

Tudo parecia dominado para Roger Federer por dois sets e meio, mas o suíço octacampeão do torneio sofreu uma incrível virada na quadra 1 do All England Club nesta quarta-feira diante do gigante Kevin Anderson, de 2,03m, oitavo do mundo.

O natural da Basileia, que defendia o troféu e buscava sua nona conquista, foi eliminado por 3 sets a 2 com parciais de 2/6 6/7 (7/5) 7/5 6/4 13/11 após 4h13min de duração.


Essa foi apenas a segunda vez que Federer levou uma virada após abrir 2 a 0 em Wimbledon, a anterior foi para Jo Tsonga em 2011 também pelas quartas de final. Foi apenas sua terceira partida jogando acima de 12 games no quinto set no torneio. Ele perdeu para Rafael Nadal em 4h48min por 9/7 na final de 2008 e ganhou de Andy Roddick com 16/14 na final de 2009 com 4h16min de duração.

A derrota é a 12 em 107 jogos do suíço na grama sagrada do All England Club. Federer, apesar da queda, igualou seu recorde de 34 sets seguidos vencidos no torneio que era entre a terceira fase de 2005 e final de 2006. Ele não perdia uma parcial desde a derrota em 2016 na semi para Raonic.

Anderson buscará sua segunda final de Slam contra o canadense Milos Raonic, vice em 2016, ou o americano John Isner, 10 do mundo. Ele foi vice-campeão do US Open ano passado perdendo para Rafael Nadal.

O jogo

Federer conseguiu a quebra logo no início com erros do nervoso Anderson e fechou a parcial por 6/2 com outra quebra após 26 minutos.

No segundo set Anderson abriu 3/0 e consolidou o primeiro saque quebrado no torneio do natural da Basileia, mas aos poucos Roger se recuoerou e logo igualou em 3/3, o set caminhou ao tie-break e Roger abriu 6 a 3 com dois saques, mas cometeu erros na direita. Só que na última chance um bom forehand cruzado decretou o triunfo por 7/6 (7/5) e a igualdade do recorde.

Na terceira parcial foi saque a saque com alguns games nervosos. Federer teve um match-point no 5/4, mas não converteu cometendo erro na esquerda. Só que Anderson foi pra cima no game seguinte, quebrou com winner de backhand na segunda chance e serviu com 6/5. Eis que Roger teve um 0/40, mas cometeu erros e Anderson aproveitou sendo agressivo e sacando firme para fechar por 7/5 e quebrar a sequência do adversário.

No quarto set Anderson abriu 4/2 com quebra e foi levando até sacar com 5/4. Salvou um break com pedradas do fundo e fechou com ace e winner de forehand por 6/4 colocando drama na partida.

No quinto set o drama estava estabelecido na quadra 1 com os dois sacando muito bem e confirmando. O jogo chegou no 4/5 com Federer abrindo um 0/30, depois mais a frente um 15/30 só que Anderson sempre se salvava. Até que no 11 a 11 com 1h30min de duração de parcial o sul-africano abriu 15/30, colocou pressão, Federer sacou bem, mas em seguida deu dupla-falta e errou direita sendo quebrado. Kevin começou o game decisivo atrás, mas desferiu potentes forehands e saques para definir a espetacular virada.