Novak Djokovic

WS Open

Tênis News
28/08/2020
20:33
Nova York

Em um jogo estranhos, o número 1 do mundo superou um problema estomacal e dores nas costas para virar contra o espanhol Roberto Bautista Agut, 12º, manter sua invencibilidade no ano e decidir o título do Masters de 

Djokovic precisou de 2h58 para fechar o placar em 4/6 6/4 7/6 (0) tendo convertido 14 aces contra um do espanhol, que cometeu quatro duplas-faltas contra sete do sérvio, que venceu 69% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 60% de aproveitamento de Bautista.

A partida começou com o espanhol apresentando a mesma tática da partida anterior sobre o russo Daniil Medvedev, trabalhando na linha de base e dentro de quadra. Assim, os tenistas trocaram quebras entre o terceiro e quarto games e colocou o espanhol em vantagem com nova quebra no sétimo game e abrir 5/3 no placar.

No intervalo dos sets, Djokovic pediu atendimento e tomou uma medicação indicando que estava mesmo mal do estômago. Ainda no inicio do segundo set, o sérvio precisou pedir atendimento para um incômodo na região do pescoço. Após o atendimento, Nole entrou firme, abriu 4/1 com quebra no quarto game, viu o espanhol devolver a quebra no sétimo game, mas não sustentou a reação e foi quebrado no décimo game, vendo-se forçado a jogar o terceiro set.

Ali, o jogo foi marcado por oscilações, após ser quebrado no terceiro game, Djokovic trabalhou firme com saque, forçou e abriu 5/2, mas comentou erros e viu o espanhol virar o placar para 6/5. Sacando para o jogo, Bautista acabou quebrado e viu-se obrigado a disputar um tiebreak, no qual não conseguiu efetivar nenhum golpe e perdeu de zero.

Sem perder no ano, Djokovic acumulou sua 22ª vitória na temporada e buscará seu terceiro título no ano contra o canadense Milos Raonic, que venceu o grego Stefanos Tsitsipas em 7/6 (5) 6/3.