Pablo Carreño

USTA

TÊNIS NEWS
09/09/2020
02:15
Nova York (EUA)

Responsável pela eliminação de Novak Djokovic, o espanhol Pablo Carreño Busta usou sua experiência de 29 anos para derrotar o jovem de 21, Denis Shapovalov, para garantir vaga na semifinal do US Open na madrugada desta quarta-feira.

O espanhol 27º do mundo superou o 17º colocado por 3 sets a 2 com parciais de 3/6 7/6 (7/5) 7/6 (7/4) 0/6 6/3 após 4h08min de duração em duelo que terminou além da 1 da madrugada no horário americano e 2h no horário de Brasília.

O espanhol repete seu melhor resultado no torneio e em Slams de 2017 quando fez semis em Nova York perdendo do sul-africano Kevin Anderson.

Carreño, mais velho na chave após a desclassificação de Djokovic, vai encarar o alemão Alexander Zverev, sétimo colocado, que derrotou o croata Borna Coric, 32º, por 1/6 7/6 (7/5) 7/6 (7/1) 6/3. Zverev venceu o único jogo entre os dois em Miami, nos EUA, em 2018.

O espanhol saiu quebrando no primeiro game com um Shapovalov apressado, errando, mas foi quebrado duas vezes a seguir e dominado pelo canadense na primeira etapa. No segundo ele foi consistente e Shapovalov elevou o número de erros. Foram dois sets parecidos, com tie-breaks e vencidos no detalhe pelo espanhol.

No quarto, Shapovalov quebrou, abriu 3/0 e Carreño sentiu dores nas costas e praticamente entregou os games seguintes. Pediu atendimento e no retorno confirmou seus primeiros games e contou com dupla-falta de Denis para quebrar e abrir 5/2 e fechar com game fácil por 6/3.

Shapovalov fez 76 winners, mas errou também 76 bolas na partida.