Vizolli - São Paulo

Vizolli assumiu o cargo de treinador interino após a demissão de Fernando Diniz (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

LANCE!
22/02/2021
23:49
São Paulo

A briga pelo G4 do Campeonato Brasileiro ficou mais acirrada nesta segunda-feira (22), depois da derrota do São Paulo para o Botafogo, pelo placar de 1 a 0. Com a derrota, o Tricolor precisará vencer o Flamengo na última rodada, no Morumbi. Com o time abatido após a derrota para o já rebaixado Botafogo, o treinador interino Marcos Vizolli disse que a missão de bater o Flamengo pode recuperar o astral e a motivação dos jogadores.


Veja a tabela e simule resultados da última rodada do Campeonato Brasileiro!


Durante a entrevista coletiva concedida após a partida, Vizolli foi questionado sobre o emocional de seus jogadores para a próxima temporada após a queda de rendimento e de resultados que fez o time sair da liderança e dar adeus ás chances de vencer o título do Brasileirão, que em certo momento da temporada parecia certo.

- É buscar a classificação contra o Flamengo, a gente pode estar entre os 4 finalistas de uma classificação para a Libertadores. Então isso vai dar ânimo, vai dar um respiro maior. Então passa a ser uma desafio, um outro desafio para esse grupo - analisou.


O São Paulo volta aos gramados nesta quinta-feira (25), às 21h30, no Morumbi, para a última partida do Brasileirão, contra o Flamengo. Para o São Paulo, apenas a vitória interessa, pois, com os três pontos, o time se garantiria no G4, se classificando diretamente para a fase de grupos da Libertadores.

Do outro lado, porém, um adversário bem difícil. O Flamengo precisa da vitória para se sagrar campeão do Brasileirão. O rubro-negro está, no momento, com 71 pontos, dois a mais que o vice colocado, o Internacional. No caso de empate no Morumbi, o Colorado levaria a taça pelos critérios de desempate. 

Segundo Vizolli, além da classificação em si, a vitória e a vaga no G4 significam um alívio para a temporada seguinte, o que daria ao São Paulo mais tranquilidade e mais ânimo para seguir com os trabalhos, agora com Hernán Crespo no comando.