Hernanes

Meio-campista ainda tem mais dois anos de contrato com o clube chinês (Foto: Marcello Fim/Raw Image)

LANCE!
08/01/2018
13:47
São Paulo (SP)

É definitivo: Hernanes não jogará no São Paulo neste primeiro semestre de 2018. O Profeta tentou convencer o Hebei Fortune, clube chinês com quem ainda tem mais dois anos de contrato, a fazer valer o empréstimo inicialmente previsto para terminar em julho, mas não houve sucesso.

Coube ao próprio meio-campista informar o insucesso da última esperança tricolor. O jogador está na Espanha, onde inicia nesta segunda-feira a pré-temporada pelo time asiático, e conversou com dirigentes e comissão técnica. Mas, como informou em seu Instagram, não deu certo.

- Como já sabíamos, era difícil qualquer tipo de conversa e agora tenho de seguir por aqui. Mais uma vez, quero agradecer todas as homenagens. Curti bastante foto ontem com homenagens, frases e mensagens de carinho de vocês. Muito obrigado, realmente, de coração. estamos juntos e é isso aí - disse Hernanes.

Confira a mensagem do Profeta em seu Instagram:

Start #first training

Uma publicação compartilhada por Anderson Hernanes Lima (@hernanesoj) em

Hernanes chegou a se reapresentar com o elenco são-paulino na última quarta-feira, mas se despediu dois dias depois. Raí, diretor executivo de futebol, garantiu que o São Paulo fez de tudo para manter o seu principal jogador no Campeonato Brasileiro de 2017 e, desde sexta-feira, o clube já considerava muito improvável que o camisa 15 permanecesse. Tanto que comissão técnica e jogadores já deram adeus ao Profeta.

O clube chinês desembolsou 10 milhões de euros (cerca de R$ 33 milhões) em fevereiro para tirá-lo da Juventus, da Itália, e seus salários são de cerca de 8 milhões de euros (mais de R$ 31 milhões) anuais. Os valores inviabilizam a negociação em definitivo, e o Hebei nem abriu conversas para isso, segundo Raí. Em julho, o São Paulo acertou o empréstimo de graça, por um ano, pagando apenas parte dos salários, mas aceitando a cláusula que faz o jogador voltar agora à China.

Hernanes quase não jogou pelo Hebei Fortune no primeiro semestre de 2017, e o argumento era a limitação do regulamento de apenas três estrangeiros atuarem. Agora, o atacante brasileiro Aloísio, ex-Tricolor, deixou a equipe, e o camaronês Mbia também deve sair. Assim, o Profeta teria só o marfinense Gervinho, o argentino Lavezzi e o sul-coreano Kim Joo-Young como colegas não-chineses, ficando à disposição do técnico Manuel Pellegrini, já que quatro estrangeiros podem ser inscritos por jogo, sendo três na linha.