Yago Rudá
09/05/2018
20:24
São Paulo (SP)

Depois de episódios de racismo no jogo de ida, com torcedores do Rosario Central oferecendo banana aos brasileiro no 0 a 0 do dia 12, em Rosário, torcedores do clube argentino e do São Paulo se uniram antes da partida desta quarta-feira. Ambos se juntaram para recepcionar a chegada dos dois times ao Morumbi e expuseram uma faixa contra o racismo.

A faixa tem o símbolo dos dois clubes, as bandeiras de Brasil e Argentina e a inscrição "Diga não ao racismo". Na sequência, com a autorização da Polícia Militar, as duas torcidas ficaram juntas para recepcionar os ônibus das equipes.

A Independente, principal organizada do São Paulo, recebeu a torcida do Rosario Central em sua sede e fez um churrasco com os argentinos. A ideia era deixar para trás os atos racistas registrados no 0 a 0 ocorrido no dia 12, na Argentina.

O jogo das 21h45 desta quarta-feira é a partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. O São Paulo precisa vencer por qualquer placar para se classificar, enquanto basta ao Rosario Central um empate com gols. Novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Confira a nota da Independente sobre a união com a torcida argentina:

"Recebemos hoje em nossa Sede a Torcida do Rosário Central, e estamos fazendo um churrasco no Morumbi.

A imagem de violência no jogo de ida será apagada hoje.

Na nossa ida recente à Argentina, os nossos 06 ônibus foram recebidos por eles no Clube do Rosário Central, onde tivemos um churrasco de confraternização com nossos irmãos.

Os incidentes de racismo registrados durante o jogo de ida na Argentina não foram provocados pela Torcida Organizada, que estava, inclusive, na arquibancada oposta à dos visitantes onde a Independente estava, e sim pelo povão.

As duas Torcidas estenderão uma faixa no Morumbi, levando uma mensagem para o Mundo: Diga não ao Racismo!"

Veja abaixo o vídeo da chegada do ônibus do São Paulo ao Morumbi, registrado pelo repórter Yago Rudá: