Tiago Volpi - Treino São Paulo

Volpi é um dos destaques do São Paulo neste ano e está tranquilo por renovação (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

LANCE!
10/09/2019
18:26
São Paulo (SP)

Após o treino do São Paulo desta terça-feira, no CT da Barra Funda, Tiago Volpi foi o escolhido para conceder uma entrevista coletiva aos jornalistas presentes no local. Embora o assunto principal tenha sido a fase do time no Campeonato Brasileiro, os pontos principais da conversa foram sobre o próprio goleiro, que falou de seu bom momento na meta tricolor e de sua expectativa para ficar.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Se tem um jogador que se firmou entre as contratações de 2019, foi Volpi. Embora tenha passado por uma ou outra oscilação, o arqueiro conquistou a confiança do são-paulino e passou a ser titular incontestável da posição, com atuações decisivas e contundentes, como há muito tempo não se via. Ciente desse status que construiu nesses meses de clube, ele não quer se acomodar e diz buscar mais e mais para estar cada vez melhor.

- Na questão de evolução, eu acho que a cada dia que passa de treino, de jogo, a evolução tem sido notória. Tenho evoluído e a questão de estar contente ou não é no trabalho diário, a cada dia que passa eu vou buscar essa felicidade estando com o meu melhor desempenho dentro de campo. Estou contente, mas não satisfeito, não acomodado, eu acho que dá para fazer mais, dá para trabalhar mais, dá para continuar evoluindo. Então, a partir do momento que a gente acha que está bom, as coisas tendem a cair. Eu vou seguir trabalhando, para ficar cada dia mais contente com as atuações - analisou.

A boa fase no gol do Tricolor já faz o torcedor criar expectativa quanto à permanência de Volpi no clube para 2020, já que ele está emprestado pelo Querétaro-MEX até dezembro deste ano e caso os são-paulinos quiserem ficar com o goleiro, terão de pagar cinco milhões de dólares (R$ 20 milhões na cotação atual) aos mexicanos. O camisa 23, no entanto, diz não estar ansioso para a definição de sua situação e espera o fim da temporada para isso.

- Ansioso zero, eu estou bem tranquilo quanto a esse assunto, porque desde quando eu cheguei, eu já sabia como iria ser, já sabia que teria uma opção de compra e que ela iria ser definida em dezembro, no contrato está dezembro, então até lá eu estou muito tranquilo - afirmou.

Veja outros trechos da entrevista coletiva de Tiago Volpi:

Ausência e falta de gols
- A gente tem confiança em todo o plantel. Se o jogador está no São Paulo é porque tem capacidade de vestir essa camisa. São três jogos sem gols, mas são coisas do futebol. Contra o Santos fizemos três gols no mesmo jogo, contra a Chapecoense conseguimos uma goleada. Agora, estamos nesta sequência, mas a confiança no grupo seque a mesma - independentemente de quem joga. A gente tem trabalhado muito para reverter essa situação. Tomara que contra o CSA no domingo, a gente possa voltar a somar os três pontos e reverter essa situação. Não tenho dúvidas de que estamos no caminho certo.

Retornos e perspectivas
- Como jogador, companheiro e amigo, queremos que todos estejam 100%. Sabemos o quanto é difícil se machucar, passar por um processo de ver os companheiros treinando, e você não. A gente tinha alguns jogadores que estavam no departamento médico e estão fazendo o trabalho de transição para o campo. Tem ainda os jogadores que estão retornando da Seleção.

Ainda na briga pelo Brasileirão
​- Tem uma coisa que eu sempre falo e eu acho que ela é muita correta, é que as coisas não são como começam, mas sim como terminam. No ano passado, o São Paulo terminou o turno líder, mas não acabou campeão, não que o fato de não estar na liderança no primeiro turno vá nos fazer campeão, mas o futebol, assim como muitas outras coisas, não é como começa, mas sim como termina.