São Paulo x Internacional

São paulo repetiu erros dos jogos anteriores (Foto: Ricardo Duarte)

Gabriel Santos
21/01/2021
06:22
São Paulo (SP)

Sempre apostando na saída de bola desde a defesa, o Tricolor está acumulando erros capitais nessas jogadas. Contra o Inter, Vitor Bueno e Daniel Alves acabaram perdendo a bola nesse tipo de lance e possibilitaram gols do Colorado. Claro que o estilo de jogo é legal de se ver, mas a comissão técnica precisa ter a percepção de que não é qualquer hora que isso vai funcionar.

Nas estatísticas de passes, o São Paulo deu 616 toques no jogo, com um aproveitamento de 87%. No entanto, quem tocou mais na bola no Tricolor foram Daniel Alves (89), Luan (90), Tchê Tchê (71) e Bruno Alves (70). Ou seja, dos que mais tiveram participação no jogo do São Paulo, dois são jogadores defensivos: o zagueiro Bruno Alves e o volante Luan. 

Confira aqui a classificação do Brasileirão


Os números de chances criadas e finalizações mostram um Internacional bem mais perigoso e o São Paulo tímido no ataque. Foram 19 chutes do Colorado, contra 11 do Tricolor. Os gaúchos tiveram sete grandes oportunidades, contra apenas uma do time paulista. 

Portanto, está na hora do São Paulo ter mais variações táticas e conseguir voltar a ter o bom futebol apresentado no ano passado, Somente assim a equipe conseguirá voltar as vitórias e recuperar a liderança do Brasileirão.


Posse de bola não ganha jogo. Essa deve ser a frase mais ouvida pelo torcedor do São Paulo nos últimos jogos da equipe. Foi novamente essa tônica que o Tricolor mostrou na goleada sofrida por 5 a 1 para o Internacional, em pleno Morumbi, que resultou na perda da liderança do Campeonato Brasileiro. 

Tem joias do São Paulo: veja 20 jovens que estão brilhando no Brasileirão e seu valor de mercado

De acordo com o site 'SofaScore', o São Paulo teve 70% de posse de bola, contra apenas 30% do Inter. Porém, a dificuldade de encontrar espaços e principalmente de repertório, parecem atrapalhar o clube nas partidas. Com isso, os cruzamentos para Luciano e Brenner acabam sendo a única arma da equipe. Foram 27 cruzamentos, com apenas sete certos (26%).