Everton - São Paulo FC

Everton tem sido um dos principais jogadores do São Paulo na campanha do Brasileirão (Érico Leonan/São Paulo FC)

LANCE!
14/09/2018
18:21
São Paulo (SP)

O São Paulo terá um reforço de peso para o clássico com o Santos, no próximo domingo, na Vila Belmiro. Trata-se do meia-atacante Everton, recuperado de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda. Depois de desfalcar o Tricolor nas últimas três partidas do Brasileirão, o dono da camisa 22 retorna ao time de Diego Aguirre em busca da retomada da liderança campeonato nacional - o time está atrás do Inter apenas pelo saldo de gols.

- Felizmente estou recuperado, sem dor e preparado para tentar ajudar os meus companheiros. Minha recuperação foi muito boa e não tenho limitações para realizar os movimentos no campo - festejou o atleta, que ficou duas semanas trabalhando no Reffis do CT da Barra Funda e foi reintegrado ao elenco na última terça-feira.

Desde sua chegada ao clube do Morumbi, em abril, Everton tem sido um dos principais jogadores do São Paulo no Brasileirão. Além de ter anotado cinco gols, o meia-atacante distribuiu seis assistências para seus companheiros e ainda sofreu dois pênaltis, que acabaram sendo convertidos em gols.

O jogador se machucou na partida contra o Ceará, no fim de agosto, e agora retorna com uma grande missão pela frente: derrotar o Santos, na Vila Belmiro. Apesar da dificuldade em enfrentar o rival fora de casa, o são-paulino mantém o discurso firme de que é preciso fazer uma boa partida para manter o Tricolor na ponta da tabela.

- Será um jogo difícil, porque as duas equipes estão embaladas. Mas vamos em busca de um resultado positivo, porque o nosso objetivo é manter o São Paulo na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro.

Vice-líder com 49 pontos, o Tricolor do Morumbi tem a mesma pontuação que o Internacional, mas não detém a liderança por contra do critério de saldo de gols (18 dos gaúchos contra 17 dos tricolores). Caso vença o Peixe, o São Paulo tem uma possibilidade real de reassumir a ponta da tabela. Para isso, no entanto, torce por um tropeço dos colorados diante da Chapecoense na próxima segunda.