Raí admite carências, mas diz que o elenco tem condições de brigar pelo título paulista

Diretor de futebol do Tricolor admite que o elenco não deve mais sofrer mudanças nesta temporada (Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Fellipe Lucena e Yago Rudá
09/08/2018
13:59
São Paulo (SP)

Responsável pelo departamento de futebol do São Paulo, Raí deu como fechado o elenco do Tricolor até o fim da temporada. Depois de perder alguns jogadores nos últimos meses e trazer três reforços (Everton Felipe, Bruno Peres e Joao Rojas), o cartola são-paulino admitiu que o grupo comandado pelo técnico Diego Aguirre não deve mais sofrer alterações.

- Tivemos a saída do Morato e a chegada do Everton. A gente não pensa em mexer em outra peça. Temos que pensar também no aspecto financeiro. Estamos satisfeitos com esse grupo - afirmou Raí durante a apresentação de Everton Felipe como mais novo reforço do Tricolor.

Com a abertura da janela de transferências do verão europeu, o São Paulo perdeu nomes importantes de seu elenco, como Marcos Guilherme, Valdívia, Júnior Tavares, Éder Militão, Bruno, Petros, Morato e Cueva. Apesar disto, o Tricolor se programou para as saídas e trouxe reforços pontuais para seu elenco continuar competitivo.

- Assim que tivemos a sinalização de algumas saídas, tentamos manter o grupo titular. Sabíamos que tínhamos um ou outro jogador que poderia nos ajudar. O Bruno Peres e o Rojas, por exemplo, eram jogadores que estávamos de olho. Procuramos antecipar para substituir saídas que teríamos - sinalizou o chefe do departamento de futebol do Tricolor.

Embora ainda necessite de alguns reforços, como um volante de contenção, o São Paulo optou por apostar nos garotos da base. O meio-campista Luan, de apenas 19 anos, foi promovido aos profissionais recentemente e deve permanecer no elenco de Diego Aguirre. Caso similar ao do zagueiro Lucas Kal, que treina no CT da Barra Funda e virou uma opção no sistema defensivo.

Até o fim da temporada, o São Paulo deve brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. O clube do Morumbi ainda disputa a Copa Sul-Americana e, embora tenha perdido o jogo de ida da segunda fase, por 1 a 0, para o Colón, não dá como descartada a competição continental.