São Paulo x Chapecoense

São Paulo venceu a Chapecoense por 4 a 0, no Morumbi, na segunda (Foto: EDUARDO CARMIM/PHOTO PREMIUM)

LANCE!
23/07/2019
12:34
São Paulo (SP)

Antes mesmo de o jogo começar, era unanimidade entre jogadores, dirigentes e comissão técnica a importância de uma vitória do São Paulo sobre a Chapecoense, no Morumbi, na última segunda-feira. E ela veio de forma consistente, avassaladora, e que teve alto grau de motivação para o restante da temporada. Além disso, quebrou um jejum de vitórias na temporada e em casa, com um placar elástico, que não acontecia há mais de dois anos.

Antes de bater a Chape por 4 a 0, o Tricolor amargava uma série de oito jogos sem vencer na temporada. O último triunfo havia acontecido no dia 12 de maio, diante do Fortaleza, por 1 a 0, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. De lá, até a última segunda-feira, foram cinco empates e três derrotas. Algo que incomodava o grupo e precisava de uma quebra para retomar a confiança.

Jejum de Vitórias na temporada
19/5/2019 - São Paulo 0 x 0 Bahia - Brasileirão
22/5/2019 - São Paulo 0 x 1 Bahia - Copa do Brasil
26/5/2019 - Corinthians 1 x 0 São Paulo - Brasileirão
29/5/2019 - Bahia 1 x 0 São Paulo - Copa do Brasil
2/6/2019 - Cruzeiro 1 x 1 São Paulo - Brasileirão
8/6/2019 - Avaí 0 x 0 São Paulo - Brasileirão
13/6/2019 - Atlético-MG 1 x 1 São Paulo - Brasileirão
13/7/2019 - São Paulo 1 x 1 Palmeiras - Brasileirão

Mas não era só esse jejum que assombrava os são-paulinos. Como mandante, o time não vencia há cinco partidas. A última vez que comemorou uma vitória em casa havia sido contra o Botafogo, por 2 a 0, na 1ª rodada do Brasileirão-2019. O Morumbi, sempre uma força para o clube, viu apenas a terceira vitória tricolor neste ano. As outras duas (Mirassol e São Bento) foram no Pacaembu. Mesmo assim, a equipe ainda é a pior mandante da Série A nesta temporada.

São Paulo com mandante em 2019
​17 jogos (6 no Pacaembu e 11 no Morumbi)
5 vitórias (2 no Pacaembu e 3 no Morumbi)
9 empates (2 no Pacaembu e 7 no Morumbi)
3 derrotas (2 no Pacaembu e 1 no Morumbi)
47,06% de aproveitamento (pior entre os clubes de Série A)
​44,44% de aproveitamento no Pacaembu
​48,48% de aproveitamento no Morumbi

Para completar, o São Paulo alcançou um feito que não ocorria desde 8 de  abril de 2017. O placar de 4 a 0 sobre a Chapecoense foi o mais elástico desde a vitória por 5 a 0 sobre o Linense, nas quartas de final do Paulistão-2017. De lá pra cá são mais de dois anos e quatro meses sem golear um adversário por essa vantagem. Neste ano, o time goleou o Mirassol, no estadual, por 4 a 1, ou seja, diferença de três gols e não quatro como na última segunda-feira.