Diniz

Fernando Diniz pode escalar o time 'ideal' pela primeira vez em 2021 (Foto: Divulgação/São Paulo)

Gabriel Santos
29/01/2021
07:00
São Paulo (SP)

O São Paulo deve ter força máxima pela primeira vez no ano contra o Atlético-GO, às 16h, em Goiânia, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso, o técnico Fernando Diniz tem todos os atletas à disposição desde a derrota para o Grêmio por 1 a 0, pela semifinal da Copa do Brasil, dia 23 de dezembro. 

Rojas com futuro indefinido: Veja os jogadores do São Paulo que têm contrato somente até 2021

De lá para cá, o Tricolor venceu apenas o Fluminense e soma seis partidas sem vencer, com três derrotas (Red Bull Bragantino, Santos e Internacional) e dois empates (Athletico e Coritiba). Nesses seis jogos, o São Paulo sofreu com lesões e suspensões, sem poder contar com todos os atletas. 

SIMULE OS JOGOS DO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO 

Contra o Massa Bruta, os desfalques foram Luan (suspenso), Luciano (inflamação na perna), Pablo (lesão na coxa) e Toró (Covid-19). Além disso, Juanfran, com um problema na renovação contratual, também ficou fora. Diante do Santos, Luciano e Toró continuaram sendo desfalques, se juntando com Bruno Alves e Tchê Tchê, que suspensos, não jogaram. 

Os problemas continuaram contra o Athletico: Toró e Hernanes (Covid-19); Liziero, Luciano e Walce (lesionados), não participaram da partida. Contra o Inter, em duelo direto pela liderança, Luciano voltou, mas Arboleda, suspenso, foi o desfalque, se juntando a Hernanes Liziero e Walce. 

Diniz poderia ter escalado força máxima contra o Coritiba, mas Gabriel Sara sentiu uma indisposição no aquecimento e não participou da partida. Vale destacar que o ônibus do São Paulo foi atacado indo ao Morumbi para o jogo. Agora, diante do Atlético-GO, o Tricolor aposta na formação ideal para vencer a primeira partida no ano. 

Agora, o São Paulo conta com todos os atletas à disposição e deve ir a campo contra o Dragão com: Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Brenner e Luciano.

Vale ressaltar que o zagueiro Walce o meia Liziero ainda estão lesionados, mas como não eram considerados titulares, não foram contabilizados pelo levantamento. 

VEJA OS DESFALQUES E ESCALAÇÕES DO SÃO PAULO em 2021

Red Bull Bragantino 4 x 2 São Paulo - 06/01
Escalação: 
Volpi, Igor Vinícius, Bruno Alves, Diego Costa e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Brenner e Vitor Bueno.
Desfalques: Luan (suspenso), Luciano (inflamação na perna), Pablo (lesão na coxa), Toró (Covid-19), Juanfran (burocracia).

São Paulo 0 x 1 Santos - 10/01
Escalação:
Volpi, Juanfran, Léo, Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Brenner e Pablo.
Desfalques: Bruno Alves e Tchê Tchê (suspensos), Toró (Covid-19), Luciano (lesionado)

Athletico 1 x 1 Santos - 17/01
Escalação:
Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Gabriel Sara, Igor Gomes e Daniel Alves; Brenner.
Desfalques: Toró e Hernanes (Covid-19), Luciano (lesionado)

São Paulo 1 x 5 Internacional - 20/01
Escalação:
Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Léo e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Daniel Alves e Gabriel Sara; Brenner e Luciano.
Desfalques: Arboleda (suspenso), Hernanes (Covid-19)

São Paulo 1 x 1 Coritiba - 23/01
Escalação: Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Tchê Tchê e Igor Gomes; Brenner e Luciano.
Desfalques: Gabriel Sara (indisposição) e Hernanes (Covid-19).