Fernando Diniz - São Paulo x Fluminense

São Paulo, de Fernando Diniz, vai em busca da liderança do Grupo D da Libertadores (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

LANCE!
14/09/2020
08:00
São Paulo (SP)

O técnico Fernando Diniz começa a quebrar a cabeça para definir o ataque ideal do São Paulo contra o River Plate, quinta-feira, no retorno da Copa Libertadores. Sem Luciano - suspenso por três jogos por ter participado de uma briga pelo Grêmio (seu ex-clube) -, o Tricolor terá que partir para o Plano B. São sete opções no elenco, mas ninguém com as mesmas características do titular. 

Depois de empatar com o Santos, no último sábado, o São Paulo volta aos treinos nesta segunda-feira e já inicia a preparação para encarar o River, quinta, no Morumbi. A tendência é de que a comissão técnica estude o adversário argentino e faça muitos testes no CT da Barra Funda. O técnico Fernando Diniz terá três dias de preparação, e muita dor de cabeça, antes da partida.

- Eu espero que ele (Luciano) não faça falta. Não dá para pensar no Luciano agora. Quem entrar, ainda não sabemos quem vamos botar, não sabemos se o Pablo tem condições de jogar na quinta. Temos que acreditar que o jogador vai suprir a falta do Luciano. Tivemos ausência do Pablo, do Daniel (Alves). Mexemos no time de uma maneira sistemática de um tempo para cá. Não dá para pensar em quem não vai jogar. Quero acreditar, e acredito sempre, que quem vai entrar vai nos ajudar a fazer uma grande partida na quinta - afirmou Fernando Diniz no sábado. 

A escolha mais óbvia da comissão técnica seria o atacante Pablo. O problema é que o jogador trata de uma lesão muscular no tronco e dificilmente estará recuperado para enfrentar o River Plate, no Morumbi. 

Sem Luciano e praticamente sem Pablo, a vaga ficará entre Brenner, Helinho, Toró, Gonzalo Carneiro, Paulinho Bóia ou até mesmo Santiago Tréllez - opção mais improvável já que o colombiano não faz uma partida oficial desde o dia 8 de março e ainda não foi relacionado para jogos do Brasileirão. 

Revelado na base do Tricolor, o garoto Brenner, de apenas 20 anos, pinta como um dos favoritos para a escolha de Fernando Diniz. O atacante tem boa relação com o treinador, decidiu o clássico Majestoso há duas semanas e, assim como Luciano, é um jogador de boa movimentação e bom posicionamento. 

Outro nome em alta com a comissão técnica é Paulinho Bóia. Reintegrado ao São Paulo por Fernando Diniz, o atacante teve uma sequência de três jogos como titular quando Vitor Bueno esteve fora de combate e, no último sábado, entrou bem no segundo tempo contra o Santos, na Vila Belmiro. O jogador participou de todas as últimas seis partidas do Tricolor na temporada.

O duelo com o River Plate acontece na próxima quinta, às 19h, no Morumbi. O jogo é válido pela 3ª rodada do Grupo D da fase de grupos da Copa Libertadores. O Tricolor é o vice-líder da chave com três pontos, enquanto a equipe argentina está na ponta com a mesma pontuação, mas com um saldo melhor do que o time do Morumbi (8 gols contra 4).