Brasil x Peru - Daniel Alves

Daniel Alves tem a preferência por disputar a Liga dos Campeões e permanecer na Europa (Foto: LUIS ACOSTA / AFP)

Fellipe Lucena
30/07/2019
15:06
São Paulo (SP)

Daniel Alves ainda não sabe onde jogará a partir do segundo semestre. Livre no mercado após o fim de seu contrato com o PSG (FRA), o lateral-direito de 36 anos curte as férias enquanto seu empresário ouve clubes interessados na Europa. Por enquanto, nenhum deles atende a todos os desejos do atleta. No Brasil, o São Paulo trata a chegada dele como um sonho, hoje, distante.

Daniel acredita que pode estar na Copa do Mundo de 2022, no Catar, e por isso quer assinar um contrato longo com sua próxima equipe, de dois ou três anos. Também gostaria de continuar disputando a Champions League.

De acordo com pessoas que acompanham as tratativas, trata-se de um quebra-cabeça: um dos clubes interessados já ofereceu o tempo de contrato desejado por Daniel, mas não disputará a Champions League, enquanto equipes que estarão na principal competição da Europa demonstraram interesse, mas precisariam liberar jogadores de seus atuais elencos para não ferirem as regras do fair play financeiro.

O São Paulo sinalizou a Daniel Alves que estará com as portas abertas para recebê-lo caso ele decida retornar ao Brasil, inclusive com o contrato longo que ele deseja - o interesse foi noticiado inicialmente pelo jornalista Jorge Nicola. Durante a Copa América, o jogador disse em entrevista coletiva que esse não era seu desejo de momento, embora tenha citado a intenção de ainda defender o Bahia (clube que o revelou) e o próprio São Paulo (clube do coração).

O LANCE! consultou pessoas do clube sobre o lateral multi-campeão. Há quem trate a chegada dele como praticamente impossível e há quem tenha esperança de um acordo. Todos, no entanto, concordam que é bem difícil. Enquanto isso, a diretoria segue no mercado em busca de um lateral-direito, pedido de Cuca para fechar o elenco.