Treino São Paulo

Elenco treinou no CT do Cruzeiro antes de enfrentar o Atlético-MG, nesta quinta (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Alexandre Guariglia
13/06/2019
08:00
São Paulo (SP)

A situação não é das melhores. O São Paulo chega ao seu último jogo antes da pausa para a Copa América em uma posição na tabela do Brasileirão em que não gostaria de estar, nem mesmo o desempenho está próximo do que se espera do time, e os desfalques limitaram possibilidades de variações em campo. Apesar de tudo isso, uma vitória no duelo com o Atlético-MG, nesta quinta-feira, pode funcionar como um fator de alento ao torcedor são-paulino.

O Campeonato Brasileiro foi a única competição que restou para o Tricolor disputar neste ano. O objetivo de Cuca e do clube, antes mesmo de se eliminado na Copa do Brasil, era partir para o "descanso" deste meio de temporada entre os primeiros colocados e em evolução, para voltar já na briga pelo título. Mas já fora de outros torneios e longe do líder, esse norte passou a virar uma preocupação para o restante de 2019.

Ainda assim, a partida contra o Galo significa a oportunidade de dar um salto significativo na tabela. O time mineiro soma 15 pontos, enquanto os paulistas somam 13, ou seja, uma vitória do São Paulo fará a equipe ultrapassar o adversário na classificação. A posição que cada um ficará ainda depende dos outros resultados da 9ª rodada, mas já fica claro que a partida é importante para ambas as agremiações e terá consequências para o futuro.

O vencedor da partida ganhará, além dos três pontos, força no fator psicológico, após um resultado dessa magnitude. Principalmente para o Tricolor, já que se trata de uma partida fora de casa, em um estádio bastante hostil aos visitantes como é o Independência, e que pode ser representar uma demonstração de força diante de um adversário que está à frente na tabela. 

Na fase atual, em que o time tem passado por algumas decepções, incluindo a perda de jogadores por lesão, por suspensão e para seleções, qualquer fato novo pode ser motivador dentro e fora do grupo. Conquistar esse triunfo em Minas Gerais pode também trazer a confiança da torcida de volta. Ir para a pausa tendo batido o Atlético-MG, fora de casa, gera a expectativa de acalmar o torcedor e trabalhar com tranquilidade durante a Copa América.

Ainda que o time não venha jogando bem, esteja sob pressão e com muitos desfalques, a chance de melhorar a impressão sobre a equipe pode ser um fator de incentivo para a vitória nesta quinta-feira, às 20h, no Independência, diante do Galo, pela 9ª rodada do Brasileirão-2019. Uma possível escalação para o jogo: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Hudson e Hernanes; Toró, Vitor Bueno e Alexandre Pato.