Gabriela Brino
29/04/2018
06:00
Santos (SP)

17 anos. E Rodrygo é um titular absoluto do Santos. Aclamado pela torcida, e também alvo do mercado mundial. Recentemente o Peixe foi sondado pelo Barcelona, que viu talento no futebol do jovem santista. Porém, não está nos planos do atacante sair do Alvinegro.

Em entrevista ao LANCE!, Rodrygo mostrou vontade de ficar no Brasil por um tempo. A ideia é ganhar títulos e se tornar um dos ídolos do clube, e, alcançado os objetivos, ai sim o menino pensa em deixar sua casa.

- Todo o jogador tem o sonho de jogar fora e eu não sou diferente. Eu tenho o pensamento de ficar um pouco mais aqui (no Brasil), ganhar títulos, me tornar ídolo. E depois quem sabe sair, servir a Seleção também... Tenho um carinho muito grande pelo Santos, não adianta, né? Menino da Vila... - disse.

Rodrygo chama a atenção por seu faro de gol e facilidade no drible, além da agilidade. Até o momento o técnico Jair Ventura o utilizou em 18 jogos e o atacante anotou cinco gols. E por ter esse destaque, o "Raio" recebe algumas instruções de sua família, tanto dentro das quatro linhas quanto fora delas.

- Tento ficar tranquilo. Eu sou muito bem instruído em casa, meu pai, minha mãe... meu pai por ter sido jogador e eu vivi com ele esse meio desde pequeno.. Eu já estou acostumado, recebo assédio desde a base. Aumentou um pouco agora que estou no profissional, mas eu fico tranquilo - acrescentou.

O Peixe, por enquanto, não se mostra disposto a liberar o Rodrygo. A multa rescisória do garoto é de 50 milhões de euros (cerca de R$ 212 milhões). O Santos tem 80% de seus direitos econômicos, enquanto o atleta é dono dos outros 20%. Seu contrato vai até dezembro de 2022.