Carlos Sánchez

Carlos Sánchez ficou irritado com a substituição na partida contra o Athletico-PR (Foto: Ivan Storti/santosFC)

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
26/08/2021
09:31
SANTOS (SP)

O meia Carlos Sánchez pediu desculpa à torcida do Santos nas redes sociais pela revolta ao ser substituído na derrota para o Athletico-PR pelo duelo de ida das quartas da Copa do Brasil. O uruguaio foi substituído aos 43 minutos do segundo tempo, mas ficou irritado e jogou a braçadeira de capitão no chão. O jogo já estava 1 a 0 para o Furacão e caminhando para os minutos finais.

- Hoje eu quero falar de arrependimento. Um cabeça-quente e frustrado por resultados ruins não mede suas ações. Quero pedir desculpas a todos os torcedores santistas por aquele ato imaturo que realizei hoje ao sair de campo. Sou um dos maiores desse time e devo dar o exemplo aos mais novos e honrar o lugar que foi designado para mim. Amo o Santos e assim como me sinto respeitado por todos, devo ter esse mesmo respeito por este grande clube e sua rica história. Os resultados e o meu desempenho pessoal não me deixam feliz, continuarei trabalhando dia a dia com meus companheiros para que todos juntos possamos reverter essa fase ruim - desabafou Sánchez no Instagram.

Na entrevista coletiva, o técnico Fernando Diniz minimizou o ato do camisa 7 e mostrou descontentamento com a pergunta, deixando claro que a relação com Sánchez é boa.

- É muito mais fofoca que análise de futebol. Nem vi esse lance. Ele ficou chateado por sair, mas correu o jogo todo e está tudo certo. Tenho relação especial e ótima com ele, um dos maiores do futebol brasileiro...Nem tinha visto esse lance. A gente gosta de colocar em pauta para ver se rende, mas minha relação é muito positiva com ele. Tomara que repercuta bem o que estou falando, mas se achar que não, pergunte a ele. Falar que se dão bem, para ver se essa informação rende assim também - ressaltou Diniz.

Com o revés santista, o Peixe agora precisa vencer por dois gols de diferença no jogo da volta, marcado para o dia 14 de setembro, na Vila Belmiro, para ficar com a vaga. Uma vitória alvinegra por um gol de diferença levará a disputa para os pênaltis. Já o Athletico joga pelo empate para se classificar para a semifinais da Copa do Brasil.