Sampaoli - Santos x Ponte

Sampaoli quer fazer do Santos campeão e protagonista novamente no futebol brasileiro (Ivan Storti/Santos)

Arthur Faria
12/07/2019
10:27
Santos (SP)

O técnico Jorge Sampaoli não costuma dar entrevista coletiva pré-jogo, porém, nesta sexta-feira, o argentino foi até à sala de imprensa do CT Rei Pelé para explicar a polêmica que teve com o presidente José Carlos Peres durante a semana. 

Por ter perdido o volante Jean Lucas ao Lyon-FRA, Sampaoli tem cobrado mais reforços ao mandatário santista para seguir evoluindo no Campeonato Brasileiro. Além disso, ficou incomodado (mais uma vez) com o atraso no pagamento dos direitos de imagens de alguns atletas. 

Mesmo com as insatisfações, o treinador deixou claro que não pedirá demissão e espera fazer do Santos campeão e protagonista no futebol brasileiro novamente. 

- Temos que reclamar para estar à altura do Santos. Vivo reclamando sempre pelo Santos. É o meu clube e quero levar à altura. Não importa se tem problema financeiro, temos que buscar uma estrutura que faça com que o santos tenha um time protagonista e competitivo. Tem que respeitar a camiseta. Reclamo com todos, o tempo todo. É uma particularidade de todos os dias que estou no Santos. Não importa se tem recurso, temos que respeitar a camisa do Santos. Temos que construir uma equipe que tem que protagonizar. Temos que suprir os jogadores que se foram. Temos que estar em cima das etapas de crescimento. Se não temos recursos, temos que ter arte. Eu vim porque minha imagem de Santos é o de Neymar e Pelé. O Santos grande. Temos que ganhar e ter protagonismo. A obrigação é ser responsável pelo lugar que estamos. - explicou Sampaoli. 

- Impossível (sair). Tenho um compromisso muito grande com todos aqui dentro. Tenho compromisso com todos os jogadores que estão aqui. Impossível, não abandonaria. Com o recurso que temos, temos que remendar. É isso que reclamo. Reclamarei todos os dias para que o Santos cresça.
Não vim pelo dinheiro, vim pelo Santos. Estou feliz com a cidade, com os jogadores - emendou o argentino. 

O Santos faz o último treino na manhã desta sexta-feira antes de viajar a Salvador para enfrentar o Bahia, neste sábado, às 19h, no Pituaçu, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Segundo colocado do torneio nacional, o Santos tem 20 pontos, cinco a menos que o Palmeiras.