Orlando Rollo

Orlando Rollo comandou o Peixe no final do ano passado (Foto: Fábio Lázaro/Lancepress)

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
26/03/2021
21:43
Santos (SP)

O caso da renovação de contrato do zagueiro Sabino com o Santos tem gerado muita polêmica nos últimos dias. O acerto foi feito ainda na gestão Orlando Rollo e o aumento salarial dado ao defensor chamou a atenção dos torcedores, que andam discutindo muito o tema nas redes sociais. O novo salário do jogador seria próximo de R$ 200 mil e chegaria em R$ 290 mil ao fim do contrato, em 2025.

Apesar de ter se destacado pelo Coritiba, onde atuou por empréstimo, Sabino tem apenas um jogo como profissional do Santos e sequer tinha estreado quando acertou a renovação de contrato.

A gestão de Andres Rueda tenta uma renegociação neste momento, com valores mais acessíveis à realidade do clube, e não descarta até vender ou emprestar o jogador. A zaga titular do Santos no momento é formada por Kaiky e Luan Peres.

Orlando Rollo, que foi quem acertou a renovação com o atleta no final do ano passado, deu suas explicações para o fato. Confira abaixo resposta:

"Quando o Conselho Deliberativo vetou a negociação do Sabino, deixei claro para o CD que tentaria renovar seu contrato para não perdemos o atleta, que estava valorizado pelas duas ótimas temporadas que fez no Coritiba, além de ser o nosso zagueiro natural para 2021, já que o transferban, se ainda estivesse em vigência, proibiria a contratação de novos atletas, e estávamos na iminência de perder o Lucas Veríssimo e Luan Peres para 2021.

A negociação foi bem conduzida pela Superintendência de Esportes e aprovada pelo Comitê de Gestão, com ciência ao Comitê de Transição. A renovação foi amplamente divulgada pela imprensa a época e comemorada pela torcida que não queria sua negociação.

Sabino retornou ao Santos neste ano, o novo Presidente assinou este contrato federativo, ele estreou, foi o melhor em campo, fez gol, foi para a seleção da rodada e depois disso misteriosamente está afastado.

Os membros do Comitê de Transição tinham livre acesso a todos os contratos do Clube. Criamos este comitê para que todas as informações fossem passadas para a nova gestão.

Não falam, mas o Kaiky, que foi profissionalizado não nossa gestão, até então poderia não ser uma opção para 2021.

Lembrando que Sabino teve seus salários atualizados e mesmo assim recebe menos do que outros atletas da mesma posição. Não entendo todo este sensacionalismo em cima desta negociação, após quase 3 meses."