Andrés Rueda

Andrés Rueda projeta diminuição da folha do Santos (Crédito: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
26/01/2021
08:00
Santos (SP)

O Santos vai entrar em campo no próximo sábado para enfrentar o Palmeiras na final da Copa Libertadores com salários, direitos de imagem e Fundo de Garantia do elenco em dia. A afirmação foi feita ao DIÁRIO pelo presidente Andrés Rueda, em entrevista concedida nesta segunda-feira.

>> Veja a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

- A gente conseguiu praticamente zerar as pendências com os jogadores. Pendente agora só a premiação da semifinal. O resto está tudo ok, até com Fundo de Garantia - afirmou o presidente.

Desde a campanha para a presidência, Andrés Rueda tem afirmado que pagar os salários dos funcionários em dia é obrigação. No entanto, para conseguir manter tudo em dia ele acredita que o Santos terá de reduzir a folha salarial em até 30% nos próximos meses.

- Existe uma cultura no clube até dos gestores passados de que folha é o líquido que você paga aos funcionários e folha não é isso. Te que agregar toda a parte de impostos. Muitas vezes o líquido é pago e a parte dos impostos fica para trás,  importo de Renda retido na fonte, INSS, Fundo da garantia. A gente está mudando essa cultura. A folha atual beira os R$ 10 milhões e a gente vai ter de chegar em 7, 8 milhões - afirmou Rueda.