Santos x Vasco - Gol Rodrygo

Rodrygo se despedirá do Santos no dia 12 de junho, contra o Corinthians, na Vila Belmiro (Foto: Divulgação/ Twitter)

Arthur Faria
30/05/2019
13:57
Santos (SP)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, afirmou, em entrevista coletiva, nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé, que conseguiu a liberação do atacante Rodrygo junto à CBF do Torneio de Toulon, disputado em junho, pela Seleção Brasileira sub-23. 

A despedida de Rodrygo será contra o Corinthians, no próximo dia 12, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O mandatário santista prometeu fazer uma festa ao 'Menino de Ouro'.

- Rodrygo fica, não vai para a seleção. Não é só o nosso caso. Não é afronta, a gente respeita. Se fosse para o time A, a gente liberaria, é Data FIFA. Essa seria para uma competição não oficial. Entendemos que um jogador com nível do Rodrygo, um ano e quatro meses como titular, achamos que é jogador para Série A. Ele mesmo não quis ir, que tem que focar na ida ao Real. É uma grande transformação, difícil sair do Brasil. Tudo é novidade. Pessoal faz 70 jogos e fica cansado, Santos fazia 60. Hoje ficam cansados - falou o mandatário santista.

- Que Deus ajude, menino de ouro, educado, obediente, Santos tem grande carinho. Faremos uma festa na despedida contra o Corinthians, Vila Belmiro. Ele tem que se despedir na nossa meca. Não só pelo lucro, mas por tudo que sempre foi parceiro. Ao Rodrygo sempre meu muito obrigado - emendou.

Rodrygo já havia dado a informação da liberação após o duelo contra o Internacional, no último domingo. Porém, horas depois, o técnico Jorge Sampaoli e Peres ainda não haviam sido comunicados.

O Menino da Vila foi vendido ao Real Madrid-ESP, em julho do ano passado, por 45 milhões de euros (cerca R$ 193 milhões à época). O Peixe receberá a segunda parte do valor nesta metade de 2019.