Marinho - Santos

Marinho foi capitão do Peixe contra o Atlético (Foto: Ivan Storti/Santos)

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
13/10/2021
22:32
Santos (SP)

O Santos perdeu na noite desta quarta-feira por 3 a 1 para o Atlético-MG, no Mineirão. O Peixe até saiu na frente, mas não conseguiu segurar o placar e tomou a virada na metade final do segundo tempo.

Os três gols sofridos do Peixe foram de bola parada: dois de pênalti e um de cruzamento de uma cobrança de falta. Após o jogo, Marinho falou sobre o fato no canal Première.

- Um pouco de desatenção numa bola que a gente trabalhou tanto. Sabíamos que o forte deles era a bola parada. Um pênalti que é meio duvidosos, porque o meia deles cabeceou sozinho. Não tem vantagem. O segundo, numa falta que eu não entendi muito bem. E depois o juiz começou a minar o jogo também - disse o atacante santista, que seguiu reclamando da arbitragem.

- É difícil a gente vir falar de arbitragem aqui. Nosso trabalho é levantar a cabeça. Temos o jogo contra o Sport, domingo, e agente vai ter que jogar cada jogo uma final. Nosso torcedor está com a gente sempre. Corremos, algumas coisas pecamos e temos que acertar. Sobre arbitragem não dá para falar muito, pois a gente respeita a arbitragem, respeita muito cada profissional, mas é meio complicado. O VAR olha toda hora, na nossa hora não olha. Mas paciência, bola para a frente. Só temos final até o fim do campeonato, então é trabalhar mais para o próximo jogo a gente fazer melhor - finalizou Marinho.