Santos x San Lorenzo - Holan

Ariel Holan disse em sua entrevista que entendeu o jogador (Foto: UESLEI MARCELINO / AFP / POOL)

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
14/04/2021
00:47
Santos (SP)

Após se recusar a cumprimentar o técnico Ariel Holan ao ser substituído, Marinho foi direto para o vestiário. Mas o ato de rebeldia do jogador durou pouco.

Segundos depois de descer para o vestiário, o atacante voltou para o banco e gritou muito com os companheiros, incentivando a equipe até o final. Após o jogo, o atleta usou sua conta no Instagram para pedir desculpas pelo seu ato e falou que conversou com o treinador no vestiário, a quem ele pediu perdão pela falha.

O técnico, em sua entrevista coletiva no final do jogo, falou sobre o assunto: “É normal. O Marinho é um jogador muito importante para nosso time. É lógico que ele não quer sair, isso é lógico”, disse Ariel Holan.

Veja abaixo o que escreveu Marinho em suas redes sociais com a cabeça mais fria:

Primeiramente esclarecer que minha atitude foi péssima hoje, após a mudança sai chateado! Não sou insubstituível, não sou dono do time e estou aqui para ajudar, sempre me dediquei e vesti esse manto com muito orgulho! Jogador nenhum acima do clube ou faltar com respeito ao treinador, porém já pedi perdão ao treinador diante do grupo, nunca tomei atitude assim com treinador nenhum, fica aqui minhas desculpas, justo eu vir aqui e falar! Sou homem, e continuarei dando a vida para esse clube , mesmo querendo ficar em campo e ajudar, respeito e sempre irei respeitar qualquer decisão da comissão técnica!
Humildemente vim aqui me desculpar e esclarecer!
Agora classificado para a fase de grupos e espero que os julgamentos não passem do ponto sobre meu caracter
Obrigado
Gratidão sempre por vestir esse manto @santosfc