Kaio Jorge - Santos

Em 2020, Kaio Jorge tem feito a temporada com mais minutos em campo da sua carreira (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
26/09/2020
08:00
Santos (SP)

Kaio Jorge devolveu os elogios dado a ele pelo técnico Cuca, após a vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Delfin (EQU), pela quarta rodada do grupo G da Conmebol Libertadores, nesta quinta-feira (24), no estádio Jocay, situado na cidade de Manta.

Escalado como centroavante, o camisa 19 atuou durante 14 minutos, no segundo tempo, como meio-campo, atuando por trás de Raniel, que entrou no lugar de Arthur Gomes. Antes do fim da partida, o garoto foi substituído por Jean Mota, que fez o gol da vitória, a quatro minutos do fim do tempo regulamentar.

De acordo com Kaio, o elenco está assimilando as ideias do treinador, o que é importante para a sequência do trabalho, tanto na Libertadores, quanto no Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, competição que o Peixe entrará a partir das oitavas de final.

– Estamos assimilando bem as ideias do professor Cuca e agora é trabalhar com os pés no chão para seguirmos no caminho certo – disse o Menino da Vila, via assessoria.

Kaio Jorge também afirmou a importância dos elogios dados pelo professor para a sequência na temporada e o desafio de sair da “zona de conforto” dos equatorianos.

– Fico feliz com a confiança que o professor vem me passando. Significa muito para mim, me sinto tranquilo para fazer o meu trabalho. Ontem ele pediu para eu recuar um pouco e fazer a função de um meia, quase um segundo atacante, e eu procurei ajudar da melhor forma. Estou aqui para o que der e vier, a disposição sempre – afirmou o atacante.

Kaio Jorge tem 19 jogos em 2020 e um gol marcado, justamente na estria da competição continental, sacramentando a virada santista por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia, em Buenos Aires, pela primeira rodada do grupo G do torneio.