Russel Dias
21/01/2018
13:52
Santos (SP)

A eliminação do Santos nas quartas de final da Copinha permitiu com que os garotos do sub-20 tivessem um curto período de férias. Mas dois deles não terão descanso e não se incomodam nem um pouco, já que ao invés do tempo livre, os volantes Calabres e Sebastian foram convidados pelo técnico Jair Ventura para treinar com o elenco profissional.

Na próxima semana, o treinador deve se reunir com a comissão técnica do sub-20, chefiada por Aarão Alves, para tratar dos dois jovens de 19 anos. Porém, a diretoria santista terá que rever os contratos para não perdê-los no futuro.

O caso de Lucas Sebastian é o mais delicado, já que tem contrato até o dia 31 de janeiro, mais dez dias apenas. Até então, a diretoria não sabia se renovaria o contrato do garoto que começou a Copinha no banco de reservas.

Já Calabres tem vínculo até outubro do ano que vem e chamou a atenção de clubes do interior e do exterior. Se confirmada sua permanência no profissional por decisão de Jair, o clube terá que fazer um novo contrato com alteração de valores.

Nos últimos três anos, o Santos pouco aproveitou jogadores da Copinha, já que o time foi eliminado precocemente nas três edições. Na administração anterior, as promoções aconteciam antes dos garotos disputarem o torneio, como foram os casos de Arthur Gomes, Yuri Alberto e Rodrygo.

A última vez que o Santos contou com a promoção de vários jogadores do sub-20 foi em 2014, quando o time comandado por Pepinho Macia foi campeão da Copa São Paulo e o então treinador Oswaldo de Oliveira resolveu promover 11 atletas, foram eles o goleiro João Paulo, os laterais Daniel Guedes, Zeca e Caju, os zagueiros Paulo Ricardo e Naílson, o volante Lucas Otávio, o meia Serginho e os atacantes Jorge Eduardo, Diego Cardoso e Stéfano Yuri.