Soteldo - Santos x Novorizontino

Soteldo não teve uma boa atuação na derrota contra o Novorizontino, nesta sexta-feira (Ivan Storti/Santos FC)

Arthur Faria
15/03/2019
23:10
Santos (SP)

Os estrangeiros do Santos não empolgaram e foram os destaques negativos na derrota para o Novorizontino, por 1 a 0, nesta sexta-feira, no Pacaembu, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.

O técnico Jorge Sampaoli entrou com o colombiano Felipe Aguilar, o uruguaio Carlos Sánchez, o peruano Cueva e o venezuelano Soteldo. Nenhum desses teve uma boa atuação na partida desta sexta.

O zagueiro Felipe Aguilar errou alguns passes e não conseguiu desarmar Murilo Henrique no gol do adversário. Além disso, não foi aquele jogador que constantemente ajuda o meio-campo a armar jogadas para o ataque. 

O meio-campo do Peixe perdeu força por Sampaoli ter adiantado Jean Mota. O uruguaio Sánchez, por exemplo, não conseguiu dar dinâmica em jogadas e foi facilmente marcado pelos jogadores do Novorizontino. Cueva também foi discreto e saiu aos 17 minutos do segundo tempo para a entrada do centroavante Felippe Cardoso. 

Cueva, inclusive, buscava a bola da intermediária de defesa do Peixe, mas não conseguia transformar em jogadas perigosas. Além disso, o peruano perdeu um gol quase na pequena área.

Soteldo não produziu boas jogadas pelos lados. Ele também demorava para soltar a bola e assim retardava os ataques do Alvinegro. Em uma dessas, armou um contra-ataque para o Novorizontino que, por pouco, não chegou ao segundo gol. 

O colombiano Copete entrou no lugar de Soteldo, porém também não empolgou. Tentou jogadas de efeito pelo lado esquerdo, além de sempre realizar cruzamentos para a área sem nenhuma objetividade.

Vale lembrar que o Santos não contou com o paraguaio Derlis González, que tem sido um dos destaques na temporada, com seis gols e cinco assistências. O Peixe sentiu falta do atacante principalmente no apoio das jogadas de ataque e pela velocidade que sempre tem exercido. 

O Santos volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Botafogo-SP, às 21h30, no estádio Santa Cruz, pela última rodada da fase de grupos do torneio estadual.