Sandry - Santos

Sandry não tem sido relacionado há três jogos por ainda não ter assinado sua renovação (Ivan Storti/Santos FC)

Arthur Faria
10/03/2019
06:00
Santos (SP)

O primeiro contrato profissional do volante Sandry também virou uma novela no Santos. O jogador não tem sido relacionado pelo técnico Jorge Sampaoli justamente por ainda não ter tido um final feliz na negociação.

A última aparição de Sandry no banco de reservas do Santos aconteceu no clássico contra o Palmeiras, no último dia 23. De lá pra cá, já são três jogos sem ser relacionado.

A última reunião entre os pais de Sandry e o Santos ocorreu há quase duas semanas. Na ocasião, o gerente da base Marco Maturana repassaria o contrato ao presidente José Carlos Peres.

O Santos, inclusive, tem confiança em fechar o acordo nos próximos dias, porém, nenhuma futura reunião foi marcada. Vale lembrar que o contrato vale até o fim de 2022, com renovação automática por mais dois anos.

O mesmo fato ocorreu com o atacante Kaio Jorge. O Menino da Vila foi promovido pelo então técnico Cuca, em setembro de 2018. Porém, o Menino da Vila deixou de ser relacionado durante toda a negociação. O jogador só foi assinar o primeiro contrato profissional em janeiro deste ano.

Caso ocorra um final feliz, a multa rescisória de Sandry ficará na casa dos 100 milhões de euros (cerca de R$ 413 milhões), além do Alvinegro ter 100% dos direitos econômicos.