Gabriela Brino
04/11/2017
06:00
Santos (SP)


O Santos terá dois rostos conhecidos, mas pouco visto pelos santistas, no confronto contra o Atlético-MG neste sábado, às 17h, na Vila Belmiro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para a surpresa e ânimo do torcedor, tratam-se de dois jovens da base: Arthur Gomes e Caju entrarão em campo para substituir Jean Mota, suspenso, e Copete, com conjuntivite.

A última vez que os Meninos da Vila entraram como titulares no Peixe foi, coincidentemente, quando Elano era braço direito do ex-técnico Levir Culpi, no dia 1º de julho, no empate por 1 a 1 com o Atlético-GO. Arthur foi pouco utilizado por Levir, assim como Caju após retornar da França, ao não conseguir fechar o contrato com o Lille a tempo. 

Por gostar de trabalhar com os garotos, o comandante já havia deixado claro em sua primeira entrevista coletiva que daria mais chances a atletas da base e, logo de cara promoveu Rodrygo e Yuri Alberto. O primeiro, inclusive, já faz trabalhos desde quarta-feira com os titulares e deve estar no banco de reservas contra o Galo, enquanto o segundo reforça os trabalhos físicos, pois participou do Mundial Sub-17.

Sem opções para a lateral esquerda, Caju ganhou a oportunidade e se encaixa no perfil que Elano quer: agilidade e técnica. Já o atacante foi escolhido pelas mesmas características. O comandante pretende resgatar o DNA ofensivo do Peixe e conta com mudanças. Nesta última semana de preparação para a reta final do Brasileiro, testou mais de uma formação e tática.

Vale ressaltar que se Arthur corresponder, pode ganhar sequência como titular . Copete não vive boa fase no Santos e Kayke, Serginho e Vladimir Hernández não convenceram quando testados.