Marinho contra o Boca Juniors

Marinho sofreu um pênalti não anotado pelo árbitro do jogo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

LANCE!/DIARIO DO PEIXE
06/01/2021
21:59
Santos (SP)

O técnico Cuca foi para entrevista coletiva depois do empate diante do Boca Juniors e falou que gostou da atuação do time, mas lamentou o resultado final. O treinador deixou claro que o objetivo era sair de La Bombonera com a vitória e reclamou do pênalti não marcado em cima de Marinho.


- Viemos para ganhar. Viemos com quatro atacantes e soltando os laterais para fazer gol, ganhar o jogo. Jogamos até um pouco melhores que o Boca e não é fácil. Tivemos um lance decisivo, que foi o pênalti não marcado - disse o técnico, que seguiu falando do lance do pênalti.

- Marinho sofre o pênalti no alto e no chão. Poderia ter decidido a partida a nosso favor. Jogo bem jogado que poderíamos ter ganho. Empate não é vantagem. 0 a 0 é pênalti, outro pênalti é Boca. Esse empate é mais favorável ao Boca.

Outro ponto lamentado por Cuca foi o fato de o Santos não ter aproveitado as principais chances criadas. O treinador lembrou de alguns lances do confronto e voltou então a lamentar o lance do pênalti.

- Tivemos bola que não pegamos bem no pé como Kaio Jorge e Sandry. Goleiro apenas viu a bola. Se tem tirada boa, a gente faz o gol. Lance do pênalti que não podemos deixar passar porque é claro. VAR poderia ter chamado, é claro.

Santos e Boca Juniors voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 19h15, na Vila Belmiro. Quem vencer, avança para a grande decisão da Libertadores. Empate com gols favorece os argentinos. Outro 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.