Marinho

Contra o Furacão, Marinho chegou ao quinto gol na temporada (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
16/08/2020
23:54
Santos (SP)

Desde que retornou de lesão, entrando no segundo tempo do empate em 1 a 1 entre Santos e Santo André, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, no dia 22 de julho, Marinho atuou em seis partidas, marcou cinco gols e deu duas assistências.

O atacante santista participou dos últimos sete gols do clube, utilizando principalmente de duas das suas principais características: o chute de média distância e o confronto “mano a mano” com o zagueiro adversário.

Para o técnico Cuca, além do fator técnico, o elenco depende da experiência de Marinho – assim como de jogadores mais tarimbados do elenco. A ideia é que eles possam dar maior suporte ao grande número de garotos oriundos das categorias que integraram o elenco principal nesta temporada.

– Depende do Marinho, depende do Soteldo, depende Sánchez, depende do Lucas (Veríssimo), depende desses caras mais experientes carregar junto essa meninada. Porque os meninos são bons jogadores, mas precisam estar escorados . É o trabalho desse pessoal mais experiente, eles tem que agir assim, com essa liderança – disse Cuca em entrevista coletiva virtual após a vitória santista por 3 a 1 contra o Athletico-PR, neste domingo (16), na Vila Belmiro.

Marinho estreou literalmente com o pé esquerdo em 2020. Logo no primeiro jogo do ano, quando o Alvinegro Praiano empatou sem gols contra o Red Bull Bragantino, pela primeira rodada do Campeonato Paulista, o jogador sofreu uma fratura no pé canhoto, que o tirou do gramado durante três meses. Quando estava em fim de recuperação, prestes a retornar, o futebol paralisou, por conta da pandemia do novo coronavírus, e ele ficou mais quatro meses “de molho”.

Agora, com apenas sete jogos disputados no ano, o camisa 11 já marcou mais da metade de gols do que na temporada passada, quando balançou a rede oito vezes em 28 partidas. Com os cinco tentos feitos em 2020, Marinho é o artilheiro santista do ano de forma isolada.