LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
19/05/2022
17:20
SANTOS (SP)

A Conmebol vai analisar as imagens da agressão de um torcedor do Santos a um jogador do Unión La Calera, após o apito final da partida na Vila Belmiro, na última quarta-feira. O Peixe venceu por 1 a 0 com gol no apagar das luzes.

O LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE apurou que a entidade máxima do futebol sul-americano está horrorizada com o episódio na Vila Belmiro e não descarta punições. O regulamento do Código de Disciplinar diz que uma invasão de campo pode resultar em penas como jogar de portões fechados ou com público reduzido, além de multa que gira em torno de US$ 100 (R$ 495) a US$ 400 mil (quase R$ 2 milhões).

A confusão na partida começou muito antes. Após expulsões de Léo Baptistão e Ramírez, o jogo voltou aos 55 minutos e, aos 56, Sandry acertou lindo lançamento para Lucas Barbosa, que dominou no peito e soltou a bomba para explodir a Vila Belmiro.

O Santos ainda não recebeu qualquer notificação da entidade, mas prepara a sua defesa.

Na última rodada da fase de grupos, que acontecerá na próxima semana, o Peixe agora precisará de uma vitória diante do Banfield, já eliminado, para garantir a vaga na sequência da Copa Sul-Americana. Se empatar, ainda garante a vaga se o La Calera não vencer a Universidad Católica.

Agressão torcedor Santos
Torcedor agride jogador do Unión La Calera (Foto: Reprodução/Redes Sociais)