José Carlos Peres

Peres sugeriu reformulação no organograma, que será votado nesta segunda (Foto: Ivan Storti)

Gabriela Brino
25/06/2018
06:00
Santos (SP)*

O Comitê de Gestão do Santos, composto pelo presidente José Carlos Peres, o vice presidente Orlando Rollo e outros sete membros, iria se reunir na noite desta segunda-feira, na Vila Belmiro, para definir o organograma do clube. Porém, o encontro foi remarcado para quarta-feira. 

Peres propõe que quatro executivos sejam base: Ricardo Gomes, responsável por reforços, elenco, futebol profissional, amador e futsal, Ricardo Feijoo pelo administrativo e financeiro, Marcelo Frazão pelo marketing e comunicação, e Rodrigo Gama com a parte jurídica do clube. A decisão será definida por pelo menos a metade dos integrantes do comitê.

O CG já havia se reunido na quarta-feira passada e definiu algumas demissões, entre elas, a de Daniel Bykoff, um dos principais aliados de Peres. A ideia do mandatário é retirar do clube todos aqueles que vieram por meio de campanha ou amizade e profissionalizar as áreas.

A chegada do executivo de futebol Ricardo Gomes foi um dos primeiros passos de Peres para "colocar a casa em ordem". Na última semana, após ter recebido críticas fortes de seu vice, o cartola lamentou um possível afastamento e afirmou que seu foco é corrigir os rumos do Santos.

- Pessoa de valor, dignidade, deu provas para nós de ser uma pessoa de alto nível, experiência. Conhece muito do futebol brasileiro e mundial. Vem cumprir aquilo que nós sempre pretendemos ter. Alguém que faça e agregue valor à marca Santos. Se Deus quiser faremos o Santos profissionalizado, que é o que mais procuramos nesse momento - disse Peres na apresentação de Ricardo.

*Nota atualiza às 15h41