Carille - São Paulo x Santos

O técnico Fábio Carille evita fazer contas para o Santos escapar do rebaixamento (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
09/10/2021
11:07
SANTOS (SP)

Com o empate contra o São Paulo na última quinta-feira, o Santos aumentou seu jejum de vitórias na temporada e chegou ao 11º jogo sem vencer. Ao todo foram seis derrotas e cinco empates. O último triunfo da equipe foi contra o Libertad, pela Sul-Americana, no jogo de ida, ainda com Fernando Diniz no comando.

Com Carille, o Peixe realizou cinco jogos. São três empates e duas derrota. A equipe sofreu cinco gols e marcou apenas um, no clássico contra o São Paulo. Apesar dos resultados ruins, o técnico santista prega confiança para fugir desta situação incômoda.

"Não trago um número para o grupo ainda. Falo do próximo jogo. Pensamos no Grêmio agora. Até por essa pressão que já existe, acho cedo para estabelecer uma meta. Vamos pensar no Grêmio e temos que vencer", comentou o treinador após o clássico.

Fábio Carille valorizou a entrega da equipe no empate no Morumbi. Para ele, a derrota contra o Juventude, na rodada anterior, é que foi injusta.

"Temos que passar uma certa calma, confiança, para que rendam mais em campo. Mas gostei da entrega, da luta. Se não lutássemos, o jogo seria ruim. Fomos bem contra o Juventude no primeiro tempo, contra o São Paulo nem tanto tecnicamente, mas vamos melhorar para voltarmos a vencer", completou Carille.

No domingo (10), o Santos terá a volta de seu torcedor aos estádio após mais de um ano. As arquibancadas da Vila estão vazias desde a vitória contra o Mirassol, por 3 a 1, em 7 de março de 2020, pelo Campeonato Paulista. Para o duelo contra o Grêmio, todos os ingressos disponíveis foram comercializados pelo clube.