Santos x Grêmio

Marinho foi o pior do Santos na noite deste sábado (Foto: Ivan Storti)

Gabriela Brino
22/09/2019
00:15
Santos (SP)

No jogo contra o Grêmio, na noite deste sábado, na Vila Belmiro, o Santos disputou os 90 minutos em duas fases: a primeira etapa, um time que pode vencer o Brasileirão, e a segunda, a equipe que provavelmente terminará no meio da tabela no final da competição. 

Não foi a primeira vez que o Santos iniciou o jogo com criatividade, força e agilidade, mas ficou irreconhecível no segundo tempo. Assim como contra o Fortaleza, que sofreu empate em 3 a 3 de forma inesperada, o Peixe perdeu por 3 a 0 para o Grêmio em casa. E acumulou o terceiro jogo sem vencer. 

Além de um Santos praticamente entregue na segunda etapa, o ataque inteiro falhou com a falta de capricho nas finalizações. Quando o time sofreu o primeiro gol, se desesperou e passou a tomar decisões equivocadas. Foram 18 no total, porém 12 para fora do gol. 

- (Para ajustar o segundo tempo abaixo) Trabalho, consolidação. Temos que analisar bem do ponto de vista profissional, analisando cada fato. Não tivemos um chute só no segundo tempo, vou revisar. Vivemos quase todo o tempo na área do Grêmio. Equipe teve tantas situações quanto no primeiro, mas equipe fez gol no contra-ataque, nem o Grêmio pensou e fez num rebote de falta. E com a vantagem e ansiedade, geramos espaços que lamentavelmente fizeram a gente sofrer. Vamos analisar de maneira profissional para saber como podemos resolver a curto prazo, que concretizemos as chances - disse o técnico Jorge Sampaoli em entrevista coletiva.

Com a derrota, o Santos fecha a 20ª rodada do Brasileirão com 37 pontos, a oito do líder Flamengo. Vale lembrar que Sampaoli está suspenso e não comandará o time contra o Fluminense, na quinta-feira, no Maracanã.