Cuca

Cuca chegou ao seu terceiro jogo pelo Santos na Libertadores e está invicto (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
01/10/2020
22:20
Santos (SP)

O técnico Cuca valorizou o elenco do Santos na vitória por 3 a 2 contra o Olimpia (PAR), nesta quinta-feira (01), pela quinta rodada do grupo G da Conmebol Libertadores, resultado que confirmou a classificação do Peixe às oitavas de final da competição sul-americana.

O treinador do Alvinegro destacou que com o triunfo fora de casa, a equipe se iguala ao Palmeiras com a melhor campanha da primeira fase, que se confirmado na última rodada, contra o Defensa y Justicia (ARG), na Vila Belmiro, no dia 20 de outubro, fará com que o Peixe tenha a vantagem de decidir a maioria das partidas em casa no mata-mata.

– Temos que enaltecer esses jogadores. Fizemos tudo isso sem treinar, não há tempo e eu não fico chorando. Estamos indo para o pau sem reclamar. Meninos estão evoluindo como profissionais – disse em entrevista coletiva após a vitória.

– Teve jogo jogado, aéreo, guerra. Típico de Libertadores. Somos a melhor equipe do campeonato junto com o Palmeiras – acrescentou.

Cuca relembrou a dificuldade de jogar contra o Olimpia, em Assunção, onde decidiu essa mesma competição, em 2013, contra o Altético-MG, sendo derrotado por 2 a 0 e tendo que reverter o resultado no jogo de volta, em Belo Horizonte. Para o “professor”, a Libertadores pede “saber sofrer”.

– Ganhar do Olimpia é raro, é difícil, poucos ganham. Viemos com problemas na escalação e dançamos conforme a música. Guerreamos, jogamos. Eu perdi por 2 a 0 aqui numa final e tivemos que reverter em BH. E hoje conseguimos uma remontada – afirmou o técnico.

– Jogamos até o 3 a 2 e depois valorizamos o placar, soubemos sofrer – concluiu.

O elenco do Santos deixará o Paraguai na madrugada desa quinta-feira (01) para sexta (02). O time viajará diretamente para Goiânia, onde no domingo (04), encarará o Goiás, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.