Palmeiras x Chape - Wesley

Wesley foi o homem do jogo em noite inspirada no Allianz Parque (Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
06/06/2021
20:12
São Paulo (SP)

Em partida válida pela segunda rodada do Brasileirão 2021, o Palmeiras venceu a Chapecoense pelo placar de 3 a 1 no Allianz Parque. Com o resultado, o Verdão conquistou seus primeirts três pontos e subiu para a sétima posição. Já a Chape se torna a nova lanterna do campeonato, com duas derrotas em dois jogos.

+Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Palmeiras abre vantagem no placar sem muito esforço

Desde que o juiz apitou para o inicio do jogo, a tônica foi a mesma, com a Chapecoense jogando com as linhas de marcação bem recuadas e deixando o time mandante trocar passes com tranquilidade. Com a superioridade coletiva do Palmeiras, a posse de bola ia aos poucos afunilando a defesa visitante e chegando ao campo de ataque, assim Patrick de Paula se tornou o principal articulador do time na primeira etapa, distribuindo a bola dos dois lados do campo, sem forçar as jogadas e evitando perder a posse.

Apesar da Chape criar a primeira chance de perigo com Fabinho, o Palmeiras era claramente superior e, após longa troca de passes, avançando gradualmente rumo ao campo ofensivo, Patrick de Paula colocou Mayke em posição para cruzar, achando Wesley após desvio no zagueiro visitante. Após tomar a frente do placar, o Palmeiras seguiu crescendo no jogo e aos 15 minutos, Luiz Adriano ampliou o marcador em lance que teve longa checagem no VAR por conta de possível impedimento.

Wesley cresce no jogo e desequilibra para o Palmeiras

O jovem ponta da base alviverde tomou conta do jogo a partir do segundo gol e se tornou a principal peça ofensiva do Palmeiras. Já tendo marcado o primeiro gol do jogo, Wesley fazia o que queria no ataque do Verdão, como o lindo toque de calcanhar que deixou Gustavo Scarpa cara a cara com Tiepo, além da linda jogada que fez para o terceiro gol, entortando a defesa da Chapecoense e deixando o zagueiro adversário no chão antes de chutar colocado e praticamente garantir a vitória no final da primeira etapa.

CONFIRA COMO FICOU A TABELA DO BRASILEIRÃO 2021

Além da individualidade de Wesley, que estava funcionando muito bem, o coletivo merece destaque no primeiro tempo, pois a maioria das jogadas ensaiadas nas bolas paradas estavam sendo bem executadas e faltava pouco para que a bola entrasse no gol da Chape pela quarta vez. A posse de bola lenta, porém consciente e objetiva também seguia impedindo que os visitantes sequer tivesse a chance de criar alguma jogada ofensiva.

Chapecoense diminui no início da etapa final mas ritmo segue o mesmo

A bola voltou a rolar depois do intervalo e a Chapecoense subiu um pouco a marcação para incomodar a saída de bola palmeirense, porém sem sofrer riscos no campo de defesa. Logo aos oito minutos do segundo tempo, Busanello cobrou falta no canto de Jaílson com muita força e o goleiro do Verdão até chegou a espalmar, entretanto para o fundo do gol. Mesmo com o gol, o Palmeiras seguiu dominante no jogo e ficou rodando a volta na intermediaria ofensiva em busca de algum espaço, mas sem pressa por conta do placar elástico.

Os visitantes só voltaram a oferecer perigo aos 24 minutos, quando em cobrança de falta, a bola foi alçada na área e Jaílson foi obrigado a intervir, de resto, o time mandante seguia com o controle da partida.

Palmeiras administra a posse da bola e entra em ritmo de treino

Com a Chapecoense oferecendo muito pouco ofensivamente, o Palmeiras ficava com a bola com muita facilidade, permitindo que Abel Ferreira pudesse poupar alguns jogadores no decorrer da partida. A defesa estava bem postada e não deixava que as tentativas de ataque dos visitantes chegassem perto da área de Jaílson. A posse de bola palmeirense só aumentou no segundo tempo e chegou a 72% dentro dos 45 minutos finais, mostrando o amplo domínio que os mandantes tiveram.

O Palmeiras voltará a campo no meio de semana, desta vez pela Copa do Brasil. A equipe recebe o CRB pelo jogo de volta da terceira fase na próxima quarta-feira (09), às 19h - na ida, o Alviverde venceu por 1 a 0, em Alagoas, e joga por um empate para avançar. Já a Chapecoense visita o ABC, pela mesma fase da Copa do Brasil, também na quarta-feira, às 16h30.

Ficha técnica 
PALMEIRAS 3 x 1 CHAPECOENSE
Local:
Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data-Hora: 06/06/2021 – 18h15
Árbitro: Leo Simão Holanda – AB/CE
Assistentes: Nailton Junior de Souza Oliveira – AB/CE e Cleberson do Nascimento Leite – AB/CE
VAR: Caio Max Augusto Vieira – AB/RN, Andre Luiz de Freitas Castro – MTR/GO e Italo Medeiros de Azevedo – AB/RN
Público/renda: Portões fechados
Cartões amarelos: Wesley e Raphael Veiga (PAL)
Cartões vermelhos: -
Gols: Wesley (07’/1ºT) (1-0), Luiz Adriano (15'/1ºT) (2-0) e Wesley (41'/1ºT) (3-0), Busanello (08'/2ºT) (3-1)

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Luan, Renan e Victor Luís; Patrick de Paula (Zé Rafael, 48'/1ºT), Raphael Veiga e Gustavo Scarpa (Felipe Melo, 28'/2ºT); Wesley (Lucas Esteves, 28'/2ºT), Rony e Luiz Adriano (Willian, 25'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

CHAPECOENSE: Tiepo; Matheus Ribeiro, Derlan, Laércio e Busanello; Moisés Ribeiro e Lima; Fabinho (Bruno Silva, 36'/2ºT), Mike (Fernandinho, 48'/1ºT) e Ronei (Ravanelli, 00'/2ºT); Anselmo Ramon (Geuvânio, 36'/2ºT). Técnico: Jair Ventura.