Vanderlan Palmeiras

Vanderlan em ação pelo Palmeiras diante do Atlético-MG, pelo Brasileirão de 2020 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
18/05/2021
10:30
São Paulo (SP)

Na maior sequência de partidas deste o retorno do futebol, o Palmeiras vive uma maratona de 18 jogos em 41 dias, tendo em média um compromisso a cada 52 horas. Em vista disso, a comissão técnica de Abel Ferreira optou por utilizar o Campeonato Paulista como um laboratório aos mais jovens e tempo de descanso para aqueles que tem atuado mais frequentemente.

​Fruto dessa filosofia, o jovem defensor Vanderlan, de 18 anos, foi testado, e agradou a comissão técnica. Com três jogos como titular no Campeonato Paulista, a promessa atuou em todas as ocasiões como o zagueiro esquerdo, em uma linha com três defensores. Antes das partidas pelo Paulistão, ele havia atuado duas vezes (uma como titular) no Campeonato Brasileiro de 2020, ambas como lateral.

​Dentro de campo durante os 90 minutos contra a Ponte Preta, Vanderlan realizou uma bela partida, ajudando a equipe na vitória por 3 a 0, no Moises Lucarelli, em Campinas. Estatisticamente, foram 66 toques na bola, 85% de aproveitamento nos passes, quatro interceptações, três desarmes, 100% de aproveitamento em duelos (6/6), além de sair sem nenhum drible sofrido.

- Após o jogo em Campinas, senti um mix de sentimentos: euforia, alegria… Não consegui nem dormir direito. Foi uma sensação inexplicável. Foi muito bom voltar para casa e ouvir falarem bem de mim e do Michel (estreante no confronto), que fizemos uma partida segura e saímos sem tomar gol, que é o principal objetivo da zaga. – disse o zagueiro em entrevista para a TV PALMEIRAS/FAM.

​Nascido no interior da Bahia, em Brumado, a joia chamou atenção no Jacuipense, antes de se transferir para o Palmeiras aos 15 anos, em 2017. Sempre demostrando polivalência, o jovem já foi utilizado como zagueiro, lateral-esquerdo e até mesmo como ponta.

​- Nasci em Brumado-BA, cidade que fica 500 quilômetros de Salvador. Saí de casa aos 13 anos para jogar no Jacuipense-BA, onde fiquei por nove meses e acabei chamando a atenção de um captador do Palmeiras. Aí joguei pouco no meu primeiro ano aqui, depois no Sub-16 comecei a me destacar um pouco e me firmei mesmo como titular no Sub-17. – disse o camisa 46, contando sua história.

Cotado para entrar na formação inicial da partida de hoje, Vanderlan, Pedro Bicalho e Gustavo Garcia passaram pelo trote organizado pelos veteranos Lucas Lima e Jailson e tiveram seus cabelos cortados no treino desta segunda-feira (17), último trabalho antes da partida.

​- Aqui tem grandes estrelas, jogadores renomados que ganharam vários títulos na carreira. Agradeço a Deus todos os dias pela oportunidade de estar aqui com jogadores que eu só via pela televisão. Sobre disputar competições como Libertadores, sempre sonhei com isso e hoje estou podendo realizar – concluiu o jovem.

​O Palmeiras volta a campo na noite desta terça (18), diante do Defensa y Justicia, em jogo válido pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. Garantido em primeiro lugar no Grupo A, a expectativa é de que a equipe atue com uma formação reserva no Allianz Parque, às 19 horas e 15 minutos do horário de Brasília.