Zé

(César Greco/Ag. Palmeiras)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
22/10/2020
00:11
São Paulo (SP)

O meia Zé Rafael marcou o gol de número quatro mil no estádio palmeirense — contando desde a inauguração, em 1917, até hoje, o atual Allianz Parque. Com a goleada de 5 a 1, contra o Tigres, nesta quarta-feira, o time somou 4.002 bolas na rede na história.

O Verdão começou a jogar nesse terreno desde a inauguração, mas só adquiriu a propriedade em 1920. Já foram 1738 jogos até hoje (com média de 2,30 por partida).

O primeiro gol foi de Heitor, na goleada do Palestra Itália por 5 a 1 sobre o Internacional-SP, em 21/04/1917, dia em no qual a equipe pisou pela primeira vez no campo da Zona Oeste da capital.

Maior artilheiro da história alviverde com 315 gols, ele foi às redes mais três vezes naquela estreia, enquanto Caetano foi o outro a marcar.

O gol 1000 foi anotado por Feitiço, em 25/05/1938, na goleada por 4 a 1 sobre o Corinthians. Ademir da Guia fez o gol 2000, dia 28/01/1973, na vitória por 2 a 0 sobre o Independiente-ARG. E Jackson anotou o gol 3000, em 06/02/1999, no triunfo por 2 a 1 sobre o Fluminense-RJ.

No Allianz Parque, inaugurado em 2014, o primeiro gol foi do atacante Henrique Dourado, em 07/12 daquele ano, no empate por 1 a 1 com o Athletico-PR, pelo Brasileiro.

Ao todo, são 304 bolas na rede na arena – na vitória por 5 a 0 sobre o Bolívar-BOL, no último dia 30, o clube atingiu o gol 300 com Raphael Veiga e o 301 com Rony.

Os maiores artilheiros do Palestra

1º – Heitor
175 gols

2º – Caetano Imparato
72 gols

3º – Luizinho
65 gols

4º – Lara
61 gols

5º – Evair
54 gols

6º – Romeu Pellicciari
53 gols

7º – Edmundo
51 gols

8º – Echevarrieta e César Maluco
44 gols

10º – Humberto Tozzi
42 gols