Newton Williams

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
03/04/2021
09:30
São Paulo (SP)

Newton Williams, atacante de 20 anos, tornou-se o primeiro jogador panamenho a vestir a camisa do Palmeiras em toda a história do clube, na partida contra o São Bento, no dia 24 de março. Além disso, ele é o primeiro atleta nascido na América Central a disputar uma partida oficial pelo Maior Campeão do Brasil.

O jogador comentou sobre a sensação de representar o país jogando em um grande clube e ressaltou a mistura de nervosismo e alegria que permeou sua estreia, garantindo que ainda tem muito a evoluir.

– Para mim e para o meu país é um privilégio ser o primeiro jogador a vestir uma camisa de um grande clube. Creio que tenho que dar 100% em cada partida para deixar o nome do meu país no alto e, sobretudo, o escudo. Sei que o clube tem uma história bonita e estou emocionado de ter vindo para esse clube. Era o meu primeiro minuto em campo pela equipe principal. Também estava um pouco nervoso. Creio que são momentos, que é ir melhorando para enfrentá-los, me sair bem e dar muito o que falar na equipe de cima – declarou Newton.

Parte do processo de captação de talentos no continente americano que vem sendo realizado pela diretoria do Palmeiras para as categorias de base, o jovem panamenho está emprestado pelo Costa del Este FC, do Panamá, até o final de 2021. Inicialmente contratado para o sub-20, o atacante estreou pela base no dia 12 de março, na goleada sobre o Presidente Médici, por 8×0, com três gols dele no duelo.

– É um sonho para mim. Minha carreira é de curto prazo, apenas comecei, fiz uma partida de destaque no sub-20, pude vir para a equipe principal e treinar com grandes jogadores, é algo lindo. Venho trabalhando forte para seguir na mira do professor e dar o melhor de mim – realçou o panamenho, dando ênfase na sua recente ascensão.

Atualmente, Newton tem treinado em conjunto com o elenco profissional ao lado de outros jovens da base que também ganharam chances no time titular neste início de Paulistão. Com a oportunidade de dividir o campo de treino com jogadores experientes, ele revelou a contribuição deles para seu início de carreira no Palmeiras.

– Para mim, é algo muito importante compartilhar [momentos] com grandes jogadores, que têm grandes trajetórias, como Felipe Melo, Luiz Adriano, o goleiro Weverton, Lucas Lima, jogadores que se destacam. Eles falam muito comigo, me aconselham, me incentivam bastante e me motivam, passam a verdade de perto para ver como trabalham. São muito profissionais dentro e fora de campo, todos têm uma personalidade impecável, são boas pessoas, grandes jogadores, têm as suas histórias marcadas e são jogadores para seguir.

Por fim, o panamenho retribuiu o carinho da torcida palestrina e ratificou que pretende honrar as cores do clube. “

– Quero dar um forte abraço e um beijo a todos torcedores da Família Palmeiras, que me apoiam e me receberam da melhor forma. É muito bom saber que tenho grande apoio dentro e fora de campo. Quero agradecer por isso e, acima de tudo, vou dar o meu melhor e honrar esse escudo ao máximo – encerrou.

Inscrito para a Recopa Sul-Americana com a camisa 48, Newton está à disposição de Abel Ferreira para compor os relacionados das partidas entre Palmeiras e Defensa y Justicia, marcadas para o dia 7 e 14 deste mês.