LANCE!
20/02/2017
01:20
São Paulo (SP)

O Palmeiras ainda não divulgou os resultados dos exames feitos no joelho esquerdo de Moisés, mas o meio-campista já avisou que viverá o "momento mais difícil de sua carreira". Após uma entrada dura do volante Zé Antônio, do Linense, o camisa 10 sofreu uma entorse e saiu do jogo deste domingo chorando e bastante dolorido. Vitor Hugo, na internet, inclusive desejou boa sorte ao jogador na cirurgia e na recuperação.

"É com muita tristeza no coração que venho aqui dizer a todos que terei que passar pelo momento mais difícil da minha carreira. A vida nos prega algumas peças que não entendemos, mas creio que Deus tem um propósito para tudo.
Só tenho que agradecer a cada um que me mandou uma mensagem de incentivo e força, essas palavras podem parecer simples, mas não tenha dúvidas que estão me ajudando muito", escreveu Moisés no Instagram.

Caso a necessidade de cirurgia se confirme, o palmeirense pode perder todo o primeiro semestre da temporada. Este era seu segundo jogo em 2017, já que o clube vinha realizando um trabalho físico especializado com o novo camisa 10, a fim de evitar lesões musculares no decorrer do ano. O projeto foi por água abaixo após a forte entrada de Zé Antônio, que em 2016, também pelo Linense, estava na jogada que fraturou o pé esquerdo também de Moisés. Desta vez, o meio-campista mostrou ter ficado chateado e o chamou de "agressor".

"Não irei guardar mágoa nem muito menos rancor do agressor, mas me entristece muito não ter recebido nem um pedido de desculpa ou qualquer palavra de incentivo, mas a vida segue e Deus há de me fortalecer. MUITO OBRIGADO A TODOS PELAS MENSAGENS", completou.

O Palmeiras deve divulgar o resultado dos exames nesta segunda, durante o treino na Academia de Futebol. Com 28 inscritos no Paulista, o Verdão só pode fazer uma mudança na lista caso comprove que o jogador machucado não terá condições de voltar até o fim do campeonato, o que aparenta ser o caso de Moisés. Neste caso, Borja deve entrar e ser regularizado para a fase de grupos.