Luiz Adriano, do Palmeiras

Luiz Adriano não deve permanecer no Palmeiras para a temporada de 2022 (Foto: AFP)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
14/12/2021
16:00
São Paulo (SP)

O atacante Luiz Adriano não deve ficar no Palmeiras em 2022, conforme antecipou o portal GOAL. As partes, então, negociam uma forma de encerrar o atual contrato, que termina em junho de 2023. A rescisão do vínculo se apresenta como a opção mais viável, assim que houver um acordo.


Paulinho encaminhado com o Corinthians, Flamengo atrás de técnico, Palmeiras com pacotão… A manhã do Mercado!

Questionado sobre a necessidade de manter o atacante no plantel para 2022, Abel Ferreira não se opôs à quebra do vínculo. O diretor de futebol do Verdão Anderson Barros segue na liderança das conversas com Luiz, que está de férias em Dubai e não autorizou qualquer outra pessoa a responder por seus direitos.

A nova gestão do Alviverde quer que o caso seja solucionado antes do início da próxima temporada, uma vez que o jogador tem um dos salários mais altos do elenco. Ciente que uma rescisão exigiria o pagamento integral dos valores do contrato, a direção busca um acordo amigável, que precisa incluir o Spartak Moscou, da Rússia, detentor de 50% dos direitos econômicos do centroavante.

Depois de uma longa passagem pelo futebol russo, Luiz Adriano chegou ao Verdão em julho de 2019 e, em pouco mais de dois anos, esgotou sua relação com a torcida. Depois dos problemas mais recentes, com críticas vindas das arquibancada e respostas provocativas do atleta ao público do Allianz Parque, o clube entende que a situação é insustentável.

Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Atuando em 37 partidas nesta temporada e sendo titular em 22 oportunidades, com cinco gols marcados e quatro assistências, Luiz não vive seu melhor momento pelo Maior Campeão do Brasil. Em 2020, o camisa 10 foi à rede 20 vezes e serviu quatro assistências em 52 partidas disputadas.