Vinícius Faustini
10/04/2019
23:39
São Paulo (SP)

Não faltou alívio ao Palmeiras nesta quarta-feira no Allianz Parque. Com gols de Deyverson, Dudu e Hyoran, o Verdão derrotou o Junior Barranquilla (COL) por 3 a 0 e, em jogo válido pela quarta rodada do Grupo F da Copa Libertadores, não só encaminhou sua vaga às oitavas, como também amenizou a pressão desmedida após a eliminação do Campeonato Paulista.

Com o triunfo, a equipe alviverde chega a nove pontos e segue na vice-liderança do seu grupo, um ponto atrás do San Lorenzo (ARG). O Verdão voltará a campo na Libertadores no dia 25 de abril, diante do Melgar (PER), no Estádio Monumental de La Unsa

Em campo minado
Os ecos da eliminação do Paulistão chegaram a pesar nos ombros do Palmeiras. Entrando em campo abalados após o ônibus do clube ser alvejado por torcedores na chegada ao Allianz Parque, a equipe de Luiz Felipe Scolari expunha ansiedade, tanto na troca de passes quanto no setor defensivo. O reflexo disto veio quando Sambueza cruzou da direita, Luan antecipou-se e Weverton teve de se esticar para evitar um gol contra.

De cabeça no lugar
Alheio ao grupo que entoava "time pipoqueiro", o Verdão apostou em investidas com Zé Rafael e Gustavo Scarpa. E de tanto batalhar, abriu o placar. Scarpa cobrou falta colocada e Viera espalmou. O goleiro ainda salvou finalização de Dudu, mas nada pôde fazer quando Deyverson marcou de cabeça. A vantagem empolgou o Palmeiras. Melhor na etapa inicial, Scarpa tocou de calcanhar para Dudu, que parou nas mãos de Viera. Mas, aos poucos, a equipe voltou a adotar a cautela e soube conter o ímpeto de um adversário que só assustou em batida de Sebastián Hernández rente à trave.

Serenidade de sobra
A volta do intervalo logo aumentou a serenidade palmeirense.Após falta cobrada rapidamente por Bruno Henrique, Dudu avançou como quis e finalizou. A bola ainda bateu na trave antes de estufar a rede. A euforia quase aumentou logo em seguida: Mayke desceu pela direita e tocou para Deyverson concluir, mas o gol foi anulado por impedimento.

Goleada e vaga encaminhada
Aos poucos, a equipe de Luiz Felipe Scolari foi controlando o jogo em "banho-maria". À exceção de chance de Sebastián Hernández que Weverton desdobrou-se para salvar, o Palmeiras continuou a mostrar-se mais perigoso. Felipe Pires foi lançado na área, mas bateu em cima de Viera. O goleiro colombiano ainda salvou finalização de Dudu. Só que o último ato seria de nova alegria palmeirense: Dudu encontrou Hyoran que, livre na área, tocou para o fundo da rede. Atravessando o caminho das pedras, os palmeirenses sabem que a próxima fase está a um passo.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3x0 JUNIOR BARRANQUILLA (COL)

Data-Hora
: 10/4/2019 - 21h30
Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI) - Nota L!: 4,5 - Omisso em alguns lances de falta.
Assistentes: Raúl Orellana (CHI) e Edson Cisternas (CHI)
Público / Renda: 28.791 torcedores / R$ 1.698.179,85
Cartões amarelos: Luan, Bruno Henrique (PAL), Rafael Pérez, Luis Díaz (JRB)

Gols: Deyverson, 19/1º T (1-0), Dudu, 9/2º T (2-0) e Hyoran, 42/2º T (3-0),

JUNIOR BARRANQUILLA: Viera; Piedrahita, Pérez, Juan Gómez e Gustavo Gutiérrez; Victor Cantillo. Narváez, Sebastián Hernández (Moreno, 32 /2º T) e Sambueza; Luis Díaz (Hinestroza, 13/2º T) (Michael Rangel, 26/2º T) e Teo Gutiérrez. Técnico: Luis Fernando Suárez

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Zé Rafael (Felipe Pires, 25 /2º T) e Gustavo Scarpa (Hyoran, 37/2T); Dudu e Deyverson (Ricardo Goulart, 42/2T). Técnico: Luiz Felipe Scolari