Vinícius Faustini
04/05/2019
21:06
São Paulo (SP)

O Palmeiras lidou com uma verdadeira epopeia na noite deste sábado no Allianz Parque, mas igualou o recorde de 26 jogos de invencibilidade no Brasileirão estabelecido em 1972/1973. Após abrir o placar na etapa inicial com Deyverson, o Verdão desdobrou-se para conter o ímpeto do Internacional e garantir o triunfo por 1 a 0. Com o resultado, a equipe de Luiz Felipe Scolari sobe para sete pontos na terceira rodada do Brasileirão, enquanto os gaúchos seguem com três pontos.

As duas equipes agora voltam suas atenções para a Copa Libertadores. O Colorado, com a liderança assegurada do Grupo A, encara nesta terça-feira o River Plate no Monumental de Nuñez. Já na quarta-feira, o Verdão faz jogo decisivo com o San Lorenzo pela ponta do Grupo D no Allianz Parque.

Para o alto!
Encontrando espaços para se lançar o ataque, o Palmeiras indicou que sonhava alto. Deyverson desviou escanteio no primeiro pau e o grito de gol foi evitado por Iago salvar em cima da linha. Em seguida, a cobrança de lateral de Marcos Rocha mostrou que a zaga colorada estava cambaleante: Dudu, livre, cabeceou à direita. De tanto insistir, o Verdão comemorou: Dudu cobrou escanteio preciso e Deyverson subiu com tranquilidade para balançar a rede.

Ânimos exaltados
No entanto, os ânimos se exaltaram no Allianz Parque quando Guerrero e Dudu se estranharam em uma disputa de bola, Felipe Melo tomou as dores do camisa 7 do Verdão e o Allianz Parque tornou-se palco de um empurra-empurra e de momentos de rispidez. Somente na reta final, o Inter achou espaços diante de um Palmeiras que visava controlar o jogo, mas tropeçava em erros. Iago cruzou da esquerda e, após Nico López matar no peito, fez Weverton desdobrar-se para salvar. Em seguida, Weverton saiu mal para cortar cabeceio de Cuesta, mas Diego Barbosa evitou conclusão de Moledo.

Equilíbrio
A volta do intervalo trouxe um Palmeiras ainda mais cauteloso na busca por segurar o ímpeto colorado. Com as alterações, o Inter passou a rondar a área com frequência, mas penou para ameaçar Weverton. Em rara chance, Parede finalizou para fora. Já a equipe de Luiz Felipe Scolari lutava para manter a intensidade e, após cruzamento de Dudu, Bruno Henrique fez Marcelo Lomba defender cabeçada.

Incrível!
A tensão ditou a reta final do duelo. Enquanto o Colorado abusava dos chuveirinhos e esbarrava na forte marcação palmeirense, o Palmeiras se deu ao luxo de desperdiçar chances claríssimas. Raphael Veiga serviu Hyoran, que tropeçou em seus pés na hora de dominar. Em seguida, Deyverson aproveitou cochilo de Moledo e serviu Hyoran. Porém, o camisa 28, com Marcelo Lomba batido, mandou por cima do travessão. Ao menos, o gol não fez falta em um jogo tão intenso quanto o deste sábado e fez a equipe atingir uma façanha histórica.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 x 0 INTERNACIONAL

Data-Hora:
04-05-19 - 19h
Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ) Nota L!: 4,5 - Teve dificuldades para controlar os ânimos em alguns momentos.
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Público / Renda: 31.549 torcedores / R$ 1.952.668,00
Cartões amarelos: Felipe Melo e Marcos Rocha (PAL), Victor Cuesta, Sarrafiore, Guerrero, Edenilson e Zeca (INT)

Gol: Deyverson, 12, 1º T (1-0)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Dudu (Raphael Veiga, 34, 2º T), Gustavo Scarpa (Moisés, 22, 2º T) e Zé Rafael (Hyoran, 21, 2º T); Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenilson (Rafael Sóbis, 34, 2º T), Patrick, Sarrafiore (D'Alessandro, 13, 2º T) e Nico López (Guilherme Parede, intervalo); Guerrero. Técnico: Odair Hellmann