Alberto Simão

Alberto Simão não entrou em detalhes sobre a troca de comando no time feminino (Foto: Ag. Palmeiras)

LANCE!
25/07/2019
18:15
São Paulo (SP)

Gerente de futebol feminino no Palmeiras, Alberto Simão não entrou em detalhes, mas disse que demitiu a técnica Ana Lúcia Gonçalves e a supervisora Renata Pelegatti por "muitos problemas" vividos ao longo da campanha com 100% de aproveitamento na A2 do Campeonato Brasileiro.

- Aqui a gente procura defender as cores do Palmeiras. É meritocracia, trabalho. Tivemos muitos problemas e na hora certa a gente vai... ninguém vai se esconder de problema nenhum. Mas o clube é maior que todos nós. Eu passo, jogadores e treinadores vão passar, e a torcida merece todo o respeito. Mas a torcida não acompanhou e não tem acompanhado estes problemas e hoje o foco é o jogo contra o São Paulo - justificou, à ESPN.

Ainda que Alberto Simão não tenha entrado em detalhes, o LANCE! apurou que o clube via um problema de relacionamento entre a comissão técnica e determinadas atletas, além de problemas de comportamento. 

O Palmeiras anunciou as demissões dois dias depois de garantir o acesso à primeira divisão do Brasileiro. O time tem nove vitórias em nove jogos, com 40 gols marcados e apenas um sofrido. Enfrentará, agora, o São Paulo na semifinal, já com novo comandante - Ricardo Belli, ex-treinador do sub-18.

Além de Ana Lúcia e Renata, boa parte da antiga comissão técnica saiu, incluindo preparadora física, analista de desempenho, fisiologista, nutricionista e médico. A ex-treinadora falou ao LANCE! e mostrou-se surpresa com a decisão.