Felipe Melo ressalta importância de estar sempre 100% concentrados na Libertadores

Felipe Melo ressalta importância de estar sempre 100% concentrado na Libertadores (Agência Palmeiras/Divulgação)

William Correia
01/03/2019
15:19
São Paulo (SP)

Na próxima quarta-feira, às 21h30, o Palmeiras estreará na Libertadores diante do Junior Barranquilla, na Colômbia. E Felipe Melo dá uma lição clara da campanha do ano passado, na qual o time parou nas semifinais com só uma derrota fora de casa, exatamente nesta fase, contra o Boca Juniors, em Buenos Aires: qualquer desatenção custa caro no principal torneio das Américas.

- Cada competição que se inicia é uma nova história. Fizemos uma boa campanha, mas não foi suficiente para atingir objetivo de ser campeão. Fomos os melhores da primeira fase, inclusive vencemos o Boca fora de casa e depois, quando precisou, não fomos tão eficientes assim. Só esse resultado já é grande exemplo que não adianta ser o melhor na primeira fase e ter cinco minutos de desatenção. Tiro de exemplo que quaisquer cinco minutos podem estragar uma bela história que estava sendo escrita - disse o volante.

Na fase de grupos, o Verdão bateu o Boca na Bombonera por 2 a 0 e estabeleceu a melhor campanha desta etapa do torneio. Na semifinal, porém, levou dois gols de Benedetto, aos 38 e 43 minutos do segundo tempo, saiu perdendo por 2 a 0 e, como ficou no 2 a 2 na volta, no Allianz Parque, acabou eliminado nas semifinais.

- Vou falar o que o Palmeiras fez de errado: cinco minutos de desatenção na Bombonera, que nos tiraram da final da Libertadores. De resto, jogamos como equipe grande fora de casa, sem se amedrontar, tomando conta do início do jogo e criando jogadas. Fomos time pequeno sem a bola, com todos marcando e correndo, e time grande com a bola. E tem de ser assim dentro e fora de casa. É o que o Felipão nos pede e trabalhamos para fazer isso cada vez melhor.


Ainda falando sobre a campanha do ano passado, o Palmeiras também estreou diante do Junior Barranquilla, na Colômbia, e ganhou por 3 a 0, com dois gols de Bruno Henrique e um de Borja. Mas Felipe Melo fez questão de lembrar que os anfitriões tiveram um jogador expulso aos nove minutos de jogo e até comparou o resultado à vitória por 3 a 0 do Barcelona sobre o Real Madrid, na última quarta-feira, pelas semifinais da Copa do Rei.

- O primeiro tempo poderia, facilmente, terminar 2 a 0 para o Real Madrid. Mas o Barcelona aproveitou as chances que teve e falam que deu chocolate. Foi o que aconteceu conosco em Barranquilla no ano passado. Eles tiveram duas grandes oportunidades no início, tocam bem a bola, mas a expulsão fez o Palmeiras tomar conta do jogo e vencer. Esperamos uma equipe forte, querendo jogar e tocar a bola. Vamos nos preparar com muito atenção, fazendo o que o Felipão pede, porque será difícil - indicou, esperançoso pelo fim dos erros que o time vem cometendo no Campeonato Paulista.

- O Felipão que sabe o estágio em que estamos. Estamos em uma crescente, como é normal na maioria dos clubes do Brasil, por se tratar de início de temporada.Cometemos erros que, seguramente, não serão cometidos em jogos futuros. É normal de quem está começando uma temporada e almejando coisas grandes - apontou o camisa 30 do Palmeiras.