Godoy x Palmeiras

Palmeiras buscou empate na Argentina diante do Godoy Cruz (Foto: Andres Larrovere/AFP)

Fabio Chiorino e Rodrigo Borges
24/07/2019
08:27

Pelo caótico primeiro tempo, repleto de falhas grotescas na defesa, o empate por 2 a 2 contra o Godoy Cruz foi ótimo para o Palmeiras, que poderia ter saído da Argentina em situação desesperadora - o goleiro Weverton ainda defendeu um pênalti. Na volta do intervalo, o Alviverde, enfim, conseguiu colocar a bola no chão, prender mais a bola no meio de campo e chegar à igualdade em belo gol de Borja [foto], surpresa que deu certo na escalação de Felipão. O Palmeiras impediu um desastre, mas o resultado não esconde a falta de confiança que o time demonstra desde o retorno da Copa América. Símbolo disso é o zagueiro Gustavo Gómez, uma unanimidade desde o ano passado e que, assim como na partida contra o Internacional, que resultou na eliminação na Copa do Brasil, errou quase tudo o que tentou ontem - do bote errado no segundo gol dos argentinos ao pênalti infantil cometido. Por outro lado, é preciso exaltar Felipe Melo. O volante já deu muitos motivos para crítica, mas é o melhor jogador do Palmeiras na temporada. E, ontem, mais uma vez foi a liderança capaz de recolocar o time nos trilhos no momento mais adverso. Uma viagem que começou com susto no voo e ameaçou se transformar em crise acaba com os danos controlados. Só os próximos jogos mostrarão se foi o suficiente para recuperar a confiança perdida.

Quer ler mais opinião e informação todos os dias? O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. É uma leitura rápida e saborosa como aquele cafezinho de todos os dias, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises especiais. Clique aqui e inscreva-se.