Dudu - Cruzeiro x Palmeiras

Dudu foi acusado de agressão pela ex-mulher e este seria motivo principal para sair (Foto: Felipe Correia/Lancepress!)

LANCE!
29/06/2020
11:20
São Paulo (SP)

O atacante Dudu, do Palmeiras, teria pedido para ser negociado com o Al-Duhail, do Qatar, em reunião realizada na última semana com o clube alviverde. O principal motivo seria a acusação de agressão feita pela ex-mulher do jogador, Mallu Ohana.

As informações foram divulgadas pelo jornalista Jorge Nicola em seu blog no Yahoo, nesta manhã. A semana é decisiva para Dudu e para o Palmeiras, visto que uma proposta oficial ainda não foi feita pelo Al-Duhail, mas deve ser realizada em breve. As cifras giram em torno dos 13 milhões de euros (R$ 79,6 milhões), com a possibilidade de a transferência chegar até os 15 milhões de euros (R$ 91,8 milhões), dependendo de metas a serem cumpridas pelo atleta.

Além disso, ainda segundo o blog, o Palmeiras teria direito a 100% dos valores, no entanto, precisaria repassar R$ 15 milhões à Crefisa, patrocinadora que bancou metade dos direitos do jogador em 2017, enquanto o Cruzeiro, clube formador, ficaria com R$ 3 milhões.

Representantes de Dudu iniciaram as conversas com o time do Oriente Médio há cerca de uma semana, antes mesmo de o jogador ser acusado de agredir sua ex-mulher, na segunda-feira passada. O Palmeiras sempre esteve ciente do andamento das negociações e, na última sexta-feira, uma reunião, na qual o camisa 7 indicou que gostou do que ouviu, concluiu a proposta, que oferece ao atacante um contrato de três anos, com salário superior ao que recebe hoje.

A tendência de saída não tem somente a aprovação de Dudu como motivo. O Palmeiras sabe que dificilmente conseguirá transações por cifras muito maiores em uma época de pandemia de coronavírus, com a crise econômica afetando a todos - ter quase R$ 80 milhões em mãos facilitaria muito a situação atual. Além disso, o clube economizaria com um alto salário e faria uma negociação de alto valor para um jogador de 28 anos, mesmo sendo ídolo.

Dudu foi acusado de agressão pela ex-mulher, Mallu Ohana, com quem tem dois filhos, na última semana. Eles não moram na mesma casa há meses, mas ainda não estão oficialmente separados, e ela registrou um Boletim de Ocorrência após a suposta agressão sofrida. Dudu prestou esclarecimentos à polícia e negou as acusações. Segundo apurado pelo Esporte Interativo, ela estaria tentando, junto aos seus advogados, reter o passaporte do jogador e, caso seja acatado pela justiça, ele pode ser impedido de viajar para o exterior. No entanto, isso não deve atrapalhar a negociação, a princípio.