Gustavo Gómez - Choque-Rei

Gustavo Gómez na vitória sobre o São Paulo no Brasileiro do ano passado (Foto: Cesar Greco)

Thiago Ferri
13/07/2019
07:00
São Paulo (SP)

Luiz Felipe Scolari não confirmou a escalação do Palmeiras para o clássico deste sábado, contra o São Paulo, às 19h, no Morumbi. Afirmou apenas que fará mudanças no líder para o Choque-Rei da décima rodada do Brasileiro, em que, independente dos nomes escolhidos, a defesa será novamente uma importante arma.

O Verdão é o time mais sólido do Brasil em 2019: sofreu dez gols em 35 jogos (média de 0,28 gol/jogo). No Campeonato Brasileiro, foi vazado apenas duas vezes nos nove primeiros jogos (média de 0,22 gol/jogo). E caso Felipão escale Luan e Gustavo Gómez, são 1081 minutos sem levar gols com a dupla.

De acordo com o Foostats, o Palmeiras é o time que menos sofreu finalizações nas nove primeiras rodadas: média de 7,4 por jogo. O Athletico, segundo colocado na categoria, sofre 8,9 finalizações por partida. O São Paulo, em contrapartida, é o sexto que menos cria chances (11 a cada rodada) e tem o quinto pior ataque (oito gols).

- Cada jogo tem sua história. O São Paulo tem jogadores de muita qualidade. Nós ficamos felizes de não tomar muitos gols, mas um clássico é um jogo à parte, e pode acontecer qualquer coisa - pontuou Gómez.

O zagueiro paraguaio é parte importante nos bons números defensivos. Nos 21 jogos que o camisa 15 disputou em 2019, o Verdão sofreu cinco gols e em 16 vezes saiu de campo com a meta intacta. E enfrentar o São Paulo no Morumbi também traz boas lembranças a ele.

Isto porque o Choque-Rei na casa são-paulina no último Brasileiro foi praticamente uma "final", mesmo que na 28ª rodada. Já na ponta, o Verdão voltou a vencer no Morumbi depois de 16 anos e abriu quatro pontos de vantagem sobre o rival, com gols de Gustavo Gómez e Deyverson. Os palmeirenses admitem que aquele jogo foi um marco na campanha do título.

Desta vez, o Palmeiras chega para o confronto com uma liderança folgada: são 25 pontos e cinco de vantagem para o Santos, segundo colocado. O São Paulo, ainda tentando se encontrar com Cuca, está na nona colocação, a 11 pontos do atual campeão.